Náutico revive vexame da Batalha dos Aflitos em arena da Copa do Mundo

Timbu voltou a deixar o seu torcedor irado e em lágrimas em uma tentativa de acesso na Série B

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 26 (AFI) - A Batalha dos Aflitos entrou para a história como um dos episódios mais emocionantes do futebol brasileiro. Em 2005, o Náutico tinha tudo para conquistar o acesso à elite do Campeonato Brasileiro, mas desperdiçou um pênalti no minuto final e viu o Grêmio, com nove jogadores, fazer o gol da vitória no contra-ataque. Mal sabia o torcedor do Timbu que em 2016 passaria por um vexame parecido, desta vez na Arena Pernambuco.

Náutico passou vergonha na Arena Pernambuco
Náutico passou vergonha na Arena Pernambuco

Com a derrota do Bahia para o Atlético-GO por 2 a 1, o time de Givanildo de Oliveira precisava de uma vitória simples diante do Oeste, clube que lutava contra o rebaixamento, mas praticamente não jogou, sendo dominado e vendo o placar negativo de 2 a 0.

Mais do que o resultado, nos dois episódios os torcedores se revoltaram. Neste sábado, alguns invadiram o gramado com a bola rolando para cobrarem e reclamarem dos jogadores. Em 2005, o elenco deixou o campo sob lágrimas e vaias.

Com a derrota por 2 a 0, o Náutico encerra o ano sem títulos e terá que disputar a Série B novamente no próximo ano.O Timbu teve dois treinadores durante a competição. Começou com Alexandre Gallo e encerrou sob o comando de Givanildo Oliveira.