Série B: Com duas dúvidas, Givanildo Oliveira adota mistério no Náutico

Rodrigo Souza e Renan Oliveira brigam por vaga no meio, enquanto Bérgson e Yuri Mamute são as dúvidas no ataque

por Agência Futebol Interior

Recife, PE, 22 (AFI) - O técnico Givanildo Oliveira adotou um tom de mistério e não divulgou qual time do Náutico vai começar jogando a partida deste sábado contra o Paraná, às 16h20, na Vila Capanema, pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. A delegação alvirrubra viajou para Curitiba nesta quinta-feira com duas dúvidas na bagagem.

"Tenho na caminha os nove já resolvidos. Não sou muito chegado nesse negócio de dúvida, mas o momento pede isso. Só vou resolver a escalação na preleção. Aí sim, tenho que resolver, porque não posso ir para o jogo sem estar decidido", disse Givanildo Oliveira após o último treino realizado em Recife. (Ouça a coletiva inteira abaixo)

Givanildo Oliveira disse que só vai confirmar o time titular no sábado
Givanildo Oliveira disse que só vai confirmar o time titular no sábado

As dúvidas que o treinador se referiu são no meio-campo e no atacante. Por jogar fora de casa, Givanildo Oliveira poderia escolher uma formação mais cautelosa, colocando o volante Rodrigo Souza no lugar do meia Renan Oliveira. Lá na frente, Bérgson corre o risco de perder vaga para Yuri Mamute. O veloz Rony está confirmado no ataque.

Na última rodada, o Náutico venceu o Paysandu, por 3 a 1, em casa, e chegou aos 36 pontos, voltando a sonhar com o acesso à elite do Brasileirão. A diferença para o Ceará, quarto colocado, é de quatro pontos, mas o time cearense já entrou em campo pela 27ª rodada.

Para manter o embalo diante do Paraná, o Náutico deve entrar em campo com: Júlio César; Joazi, Adalberto, Rafael Pereira e Gastón Filgueira; João Ananias, Rodrigo Souza (Renan Oliveira), Marco Antônio e Vinícius; Rony e Bérgson (Yuri Mamute).