Clube da Coreia do Sul conquista a Liga dos Campeões da Ásia e vai ao Mundial

Jeonbuk Motors, da Coreia do Sul, se sagrou campeão da Liga dos Campeões da Ásia ao empatar com o Al Ain por 1 a 1

por Agência Estado

São Paulo, SP, 26 - A edição de 2016 do Mundial de Clubes da Fifa conheceu neste sábado o seu sexto de sete participantes. Em Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, o Jeonbuk Motors, da Coreia do Sul, se sagrou campeão da Liga dos Campeões da Ásia ao empatar com o Al Ain por 1 a 1, no estádio Hazza Bin Zayed. Como tinha vencido na ida por 2 a 1, o time sul-coreano faturou a competição pela segunda vez na história - a primeira aconteceu em 2006.

O Jeonbuk Motors abriu o placar aos 30 minutos do primeiro tempo com Gyo-Won Han, mas o Al Ain empatou pouco depois com Myeong-Ju Lee, após assistência do brasileiro Caio. A equipe dos Emirados Árabes Unidos ainda teve a chance de virar e construir o placar que levaria a partida ao menos para a prorrogação, mas o atacante Douglas, ex-Figueirense, perdeu pênalti aos 43 da etapa inicial e acabou como grande vilão.

Coreanos garantiram o empate na Arábia, com brasileiro perdendo pênalti e virando vilão
Coreanos garantiram o empate na Arábia, com brasileiro perdendo pênalti e virando vilão

SÓ FALTA CAMPEÃO JAPONÊS
Com o título, o Jeonbuk Motors ganha o direito de disputar o Mundial de Clubes, no Japão, que começará no dia 8 de dezembro. A estreia dos sul-coreanos será contra o América, do México, campeão da Liga dos Campeões da Concacaf, no dia 11, na cidade de Osaka. Quem vencer jogará contra o Real Madrid, vencedor da Liga dos Campeões da Europa, no dia 15, em Yokohama.

Os outros clubes já classificados ao Mundial são o Atlético Nacional, da Colômbia (campeão da Copa Libertadores), o Mamelodi Sundows, da África do Sul (vencedor da Liga dos Campeões da África), e o Auckland City, da Nova Zelândia (campeão da Copa da Oceania). Falta o representante do país-sede - o campeão japonês será definido no próximo final de semana.