MUNDIAL DE CLUBES: Raja Casablanca ganha no sufoco e avança

O gol da vitória saiu já aos 46 minutos do segundo tempo, eliminando o Auckland City do torneio

por Agência Estado

Campinas, SP, 11 (AFI) - Na abertura do Mundial, o Raja Casablanca venceu o Auckland City por 2 a 1, nesta quarta-feira, em Agadir, no Marrocos, e se classificou. Agora, o time marroquino enfrenta o mexicano Monterrey no sábado, para definir o adversário do Atlético-MG nas semifinais.

Apesar de ter sido superior durante todo o jogo e de contar com o apoio da sua empolgada torcida, o Raja Casablanca sofreu para ganhar na abertura do Mundial. O gol da vitória saiu já aos 46 minutos do segundo tempo, eliminando o Auckland City do torneio.

É o terceiro ano seguido que o time neozelandês vai ao Mundial como representante da Oceania e sai na disputa preliminar. Nas duas edições anteriores, o Auckland City também caiu diante do representante local: Sanfrecce Hiroshima e Kashiwa Reysol, ambos do Japão.

Para o Raja Casablanca, essa foi a sua primeira vitória na história do Mundial. O time marroquino tinha participado anteriormente da edição de 2000 do torneio, realizada no Brasil, quando perdeu os três jogos que fez, para Corinthians, Real Madrid e Al Nasr.

Agora, Raja Casablanca e Monterrey duelam no sábado para ver quem será o adversário de estreia do Atlético-MG no Mundial. No mesmo dia também será definido o rival do Bayern de Munique, no jogo entre Guangzhou Evergrande (China) e Al Ahly (Egito).

Tudo em casa
Empurrado por sua torcida, o Raja Casablanca dominou o primeiro tempo. Teve boa chance para abrir o placar aos 20 minutos, quando Iajour apareceu livre dentro da área e chutou no canto, mas o goleiro Williams fez grande defesa com a perna, evitando o gol.

Na segunda grande chance que teve, Iajour não vacilou. Aos 38 minutos, ele recebeu um belo passe de Karrouchy e, novamente sozinho diante do goleiro, tocou para o gol sem chance de defesa. Assim, o Raja Casablanca abriu 1 a 0 no placar, para delírio da torcida.

Após o intervalo, o Raja Casablanca continuou jogando no ataque. E quase ampliou aos seis minutos, quando Moutaouali acertou a trave. Mas, mesmo pressionado pelos donos da casa, o Auckland City mostrou que não estava entregue, conseguindo um improvável gol de empate.

Para empatar, o Auckland City precisou contar com uma falha grotesca da defesa do Raja Casablanca. Aos 17 minutos, dois jogadores tentaram afastar simultaneamente o perigo, o que fez a bola sobrar para Krishna, sozinho, tocar com tranquilidade na saída do goleiro Askri.

O Auckland City resistiu bravamente e esteve muito perto de levar o jogo para a prorrogação. Mas o Raja Casablanca, contando com a força de sua torcida em Agadir, foi buscar o gol da vitória. Já aos 46 minutos, Hafidi aproveitou rebote do goleiro e fez 2 a 1.

Confira os resultados da 1ª rodada
Raja Casablanca
2
x
1
Auckland City