Copa da Inglaterra: Mourinho confirma volta de Rooney como titular do Manchester United

Para este confronto em casa, o único jogador do United que não está à disposição de Mourinho é o zagueiro Eric Bailly

por Agência Estado

Campinas, SP, 06 - Recuperado de uma lesão muscular que o deixou fora de ação nas últimas três semanas, Wayne Rooney teve confirmada nesta sexta-feira a sua volta ao time titular do Manchester United no confronto diante do Reading, neste sábado, no Old Trafford, pela estreia na Copa da Inglaterra.

Capitão do United, atual campeão da tradicional competição, o atacante de 31 anos de idade entrará em campo também motivado pelo fato de que está a apenas um gol de igualar ao lendário Bobby Charlton como maior artilheiro da história da equipe de Manchester. Ele tem 248 gols, enquanto o ex-jogador balançou as redes por 249 vezes pelo time.

Para este confronto em casa, o único jogador do United que não está à disposição de Mourinho é o zagueiro Eric Bailly, que está com a seleção da Costa do Marfim se preparando para a Copa Africana de Nações, marcada para começar na próxima semana, no Gabão.

Para este confronto em casa, o único jogador do United que não está à disposição de Mourinho é o zagueiro Eric Bailly
Para este confronto em casa, o único jogador do United que não está à disposição de Mourinho é o zagueiro Eric Bailly
"Há zero lesões. Zero lesões! Nós temos 27 jogadores e zero lesões", comemorou Mourinho, em entrevista ao canal de TV do United, para quem em seguida destacou: "Durante a temporada, nós nunca tivemos grandes, grandes problemas com isso. Tivemos a quantidade normal de lesões que acontecem o tempo todo, mas, neste momento, temos zero. Temos todos os jogadores disponíveis, fora Bailly, que está na Copa Africana".

E até mesmo Bastian Schweinsteiger, que no ano passado ficou encostado no clube e sem espaço com Mourinho, foi lembrado agora pelo treinador português como uma boa opção para os confrontos que virão pela frente. "Ele pode ser titular, ele pode ficar no banco, ele é uma opção para nós. Tomamos essa decisão quando o trouxemos de volta (para ser relacionado para as partidas). Ele está pronto para jogar", avisou o comandante.