LIGA DOS CAMPEÕES: Benfica abre 3 a 0, mas Besiktas busca empate

Faltando uma rodada para o fim da fase de grupos, nenhum dos quatro times tem como garantir nesta quarta a classificação

por Agência Estado

São Paulo, SP, 23 - Um empate suado com sabor de vitória. Foi assim que a torcida e o time do Besiktas comemoraram o placar de 3 a 3 com o Benfica, nesta quarta-feira, em Istambul. O resultado foi muito celebrado porque o time da casa saiu perdendo por 3 a 0 - todos os gols sofridos no primeiro tempo. A igualdade no marcador manteve embolado o Grupo B da Liga dos Campeões.

O Benfica, do goleiro Ederson e do zagueiro Luisão, segue na liderança da chave, com oito pontos. O Besiktas soma sete, assim como o Napoli, que enfrenta o Dínamo de Kiev ainda nesta quarta, na Itália. Faltando uma rodada para o fim da fase de grupos, nenhum dos quatro times tem como garantir nesta quarta a classificação antecipada para o mata-mata.

QUE COMEÇO
Era Istambul, mas poderia ser Lisboa, tal foi o domínio do Benfica nos primeiros minutos da partida. Com uma atuação fulminante, o time português praticamente definiu o jogo antes do intervalo, com três gols em apenas 20 minutos de confronto, e exibindo clara superioridade em campo.

A contagem foi aberta aos 9 minutos, com gol de Gonçalo Guedes. O segundo veio 15 minutos depois, com Nélson Semedo. E, aos 30, Ljubomir Fejsa anotou o terceiro dos visitantes, diante da assustada torcida turca presente na Arena Besiktas.

Mesmo atuando fora de casa, Benfica abriu 3 a 0 ainda no primeiro tempo, mas o Besiktas foi buscar o empate
Mesmo atuando fora de casa, Benfica abriu 3 a 0 ainda no primeiro tempo, mas o Besiktas foi buscar o empate

Passado o choque em razão da fraca atuação na etapa inicial, o time da casa voltou melhor para o segundo tempo. Aos 7, Mitroglu desperdiçou a melhor chance do Besiktas na partida até então, quando recebeu enfiada rasteira, em posição legítima, e bateu na saída do goleiro Fabri. A bola passou rente ao pé da trave direita.

Seis minutos depois, a equipe turca descontou a desvantagem no placar com um golaço Cenk Tosun. Completando belo lançamento da direita, ele acertou lindo voleio e estufou as redes, mantendo o time da casa no jogo.

VAI BUSCAR
Daí em diante, o Besiktas cresceu em campo, assumiu o controle da partida e passou a pressionar a instável defesa do Benfica. O goleiro Ederson, convocado pela seleção brasileira para a Copa América Centenário (acabou sendo cortado em seguida), precisou fazer duas boas intervenções para evitar o segundo gol dos anfitriões.

O brasileiro fazia grande partida, mas não conseguiu evitar mais um gol do Besiktas, quando o experiente Quaresma cobrou pênalti no canto, aos 37 minutos, após toque de mão de Lindelof dentro da área. A bola bateu na trave antes de entrar, acabando com qualquer chance de defesa de Ederson.

Impondo forte pressão, o Besiktas partiu para o ataque, no embalo do segundo gol, e arrancou o terceiro, contando com nova ajuda da defesa portuguesa. Aos 43, Ederson salvou de novo, na primeira tentativa de Vincent Aboubakar, mas não aguentou o rebote do camaronês: 3 a 3. Foi o tão suado empate, comemorada como vitória pela fanática torcida turca. Os jogadores também celebraram o triunfo, na saída do gramado.