LIGA DOS CAMPEÕES: Juventus vira sobre o Sevilla e se classifica para as oitavas

Após sair atrás, a Juve buscou a virada por 3 a 1 mesmo fora de casa e se garantiu nas oitavas de final

por Agência Estado

São Paulo, SP, 22 - Vice-campeã em 2014/15, a Juventus está garantida nas oitavas de final da Liga dos Campeões na temporada 2016/17. Nesta terça-feira, a equipe italiana aproveitou-se da expulsão precoce de Franco Vázquez e, com um homem a mais durante a maior parte do tempo, virou sobre o Sevilla, vencendo por 3 a 1, em Sevilha.

A partida valia a liderança do Grupo E, que estava com o time espanhol. O Sevilla não só perdeu a invencibilidade, como caiu para a segunda posição, com 10 pontos. A Juventus tem 11 e precisa vencer o lanterna Dinamo Zagreb, em casa, na última rodada. Os croatas perderam todos os cinco jogos que fizeram até aqui. Nesta terça, levaram 1 a 0 do Lyon, em casa.
Marchisio fez, de pênalti, o gol da virada
Marchisio fez, de pênalti, o gol da virada

Com Paulo Henrique Ganso no banco de reservas, o Sevilla começou o jogo corajoso, abrindo o placar logo aos 9 minutos. Mariano, titular na lateral direita, levantou na área. A zaga tirou parcialmente e Pereja marcou no rebote, acertando bom chute no cantinho baixo de Buffon.

Praticamente só deu Sevilla até os 36 minutos, quando Franco Vázquez, que havia acabado de levar o cartão amarelo, matou um ataque da Juventus com uma rasteira boba em Khedira no meio do campo. Ao receber o segundo amarelo, deixou o Sevilla com um jogador a mais.

O árbitro também deu uma força para ajudar a Juventus. Aos 44, marcou pênalti de Mercado sobre Bonucci após bola levantada na área. O argentino puxou o italiano, em falta raramente marcada. Marchisio bateu, Sergio Rico foi na bola, mas não conseguiu defender.

Com mais espaço, a Juventus se lançou ao ataque com mais ímpeto na segunda etapa e conseguiu a virada aos 39 minutos. Em lance parecido com o do gol do Sevilla, Bonucci foi quem pegou a sobra e garantiu o time italiano na frente. Com o Sevilla na base do tudo ou nada, a Juventus ainda fez o terceiro, marcado por Mandzukic, no contra-ataque.

LYON VENCE
No outro jogo da rodada, o Lyon bateu o Dínamo por 1 a 0 em Zagreb. O brasileiro Rafael, ex-Manchester United, fez jogada individual pela direita e cruzou rasteiro, no segundo pau, deixando Lacazette livre para marcar aos 27 minutos da segunda etapa.

Com sete pontos, o Lyon ainda sonha com a classificação. Na última rodada, recebe o Sevilla podendo chegar aos 10 pontos, igual ao rival espanhol. O primeiro critério de classificação é o confronto direto. Como o Sevilla fez 1 a 0 na segunda rodada, o Lyon precisa de vitória por dois gols de diferença. Um novo 1 a 0, desta vez para os franceses, beneficia os espanhóis.