Copa do Brasil: Roberson quer 'inteligência' do Juventude contra Galo

"Não podemos nos atirar para cima de qualquer maneira, e quando a oportunidade surgir, não podemos desperdiçar", disse o artilheiro

por Agência Futebol Interior

Caxias do Sul, RS, 19 (AFI) - O ano de 1999 é um dos mais memoráveis da história do Juventude. Foi quando o clube de Caxias do Sul conseguiu o seu único título da Copa do Brasil, derrotando o Botafogo na decisão. Após 17 anos, o Papo tenta repetir o feito, mas terá um grande desafio nesta quarta-feira (19), no Alfredo Jaconi: o Atlético-MG. A bola rola às 19h30 no Rio Grande do Sul.

Para o duelo, o Juventude confia em um de seus artilheiros na competição: o meia Roberson, autor dos dois gols na vitória por 2 a 1 contra o São Paulo, pelas oitavas de final. Em entrevista ao site da CBF, o artilheiro destacou a necessidade de ser preciso no ataque.

"Temos que jogar com inteligência. Não podemos nos atirar para cima de qualquer maneira, e quando a oportunidade surgir, não podemos desperdiçar", avaliou.

SÉRIE C
Não é só pela Copa do Brasil que o Juventude vive um bom momento na temporada. Com o acesso garantido para a Série B do ano que vem, o clube agora luta pelo título da Série C, na qual enfrenta o Boa Esporte nas semifinais.

A partida de ida foi no próprio Alfredo Jaconi, e o Juventude acabou derrotado por 2 a 1. Mas Roberson não quer que isso tire a confiança do torcedor para o jogo contra o Atlético-MG pela Copa do Brasil:

"O torcedor pode fazer o que tem feito ao longo de toda a temporada. Precisamos que ele nos incentive do começo ao fim da partida", afirmou.

Campeão da Copa do Brasil em 1999, o Juventude tenta reverter a vantagem do Atlético-MG jogando em casa - Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG
Campeão da Copa do Brasil em 1999, o Juventude tenta reverter a vantagem do Atlético-MG jogando em casa
GALO PREGA RESPEITO
Campeão da Copa do Brasil em 2014, o Galo venceu a primeira partida e pode até empatar para voltar do Rio Grande do Sul com a classificação na bagagem. No ataque, o clube conta com o talento de Robinho e do argentino Lucas Pratto, que marcou o gol da vitória por 1 a 0 no Mineirão. O desfalque fica por conta de Fred, artilheiro do Brasileirão, que já atuou pelo Fluminense na Copa do Brasil e não pode jogar pelo Atlético.

Candidato a substituto de Fred, o atacante Clayton pregou muito respeito ao Juventude, apesar dos gaúchos serem a única equipe na Copa do Brasil que não está na Série A.

"Não tem essa de Série C. Eles estão disputando a Copa do Brasil de igual para igual com todos os times. A gente sabe a força que eles têm dentro de casa", ressaltou.

FONTE:
Confederação Brasileira de Futebol (CBF)