Italiano: Gabriel é apresentado pela Inter de Milão e rejeita comparações com Ronaldo

Assunto veio atona devido ao Fenômeno completar 40 anos nesta quinta-feira, brasileiro afirmou que jogar na equipe era um desejo dele

por Agência Estado

Campinas, SP, 22 - Apresentado oficialmente como reforço da Inter de Milão nesta quinta-feira, Gabriel teve que ouvir muitas vezes nesta quarta-feira o nome de Ronaldo Fenômeno, que também vestiu a camisa do clube italiano. Sabedor da pressão que esse tipo de comparação pode trazer para ele, o atacante fugiu dela, embora tenha prometido fazer história pelo seu novo time.

"Estou muito feliz, é um dia incrível. Eu estou contente de fazer parte da história da equipe, eu tenho que agradecer a minha família e meus amigos. Eu não gosto de comparações com outros jogadores, eu sou Gabriel Barbosa. A Inter tem uma grande torcida e quero fazer história nesse clube", disse Gabriel, que recebeu a camisa de número 96.

As comparações com Ronaldo começaram, aliás, antes mesmo do atacante conceder a sua entrevista coletiva. Ao apresentar Gabriel, Marco Tronchetti Provera, presidente da Pirelli, a principal patrocinadora da Inter, lembrou que havia feito o mesmo pela última vez com Ronaldo.

Gabigol foi apresentado oficialmente na Inter de Milão
Gabigol foi apresentado oficialmente na Inter de Milão
"É um dia especial, temos a oportunidade de apresentar com a Pirelli um grande talento brasileiro. O último jogador que apresentei foi Ronaldo, a quem eu desejo felicidades pelo seu 40º aniversário", declarou.

NOVO COMPANHEIRO
Na Inter, Gabriel deverá ter a companhia no ataque do atacante argentino Mauro Icardi, que vem brilhando neste início de temporada, tanto que é o artilheiro do Campeonato Italiano com seis gols marcados. O brasileiro fez elogios ao italiano e espera que a parceria entre eles dê certo dentro de campo.

"A Inter não é só Icardi. Ele é um ídolo, eu sempre o acompanhei e é muito forte. Todos os jogadores têm sido muito gentis comigo. Eles me acolheram bem, eu mal posso esperar para estrear e jogar com meus companheiros", afirmou.

Alvo de um grande investimento da Inter de Milão, Gabriel chega ao clube como esperança de fazer parte de uma nova fase vencedora do clube. Na última delas, em que o auge foi a conquista do título da Liga dos Campeões da Europa na temporada 2009/2010, o time contava no seu elenco com três brasileiros no seu sistema defensivo: o goleiro Julio Cesar, o lateral-direito Maicon e o zagueiro Lúcio.

"Falamos de uma outra era. Esses jogadores ganharam muito e conseguiram dar tudo em campo. Eu tenho que fazer minha parte, eu quero jogar o meu melhor. A equipe tem muitos bons jogadores, eu sou um dos muitos", comentou.

DESEJO PESSOAL
Durante a sua apresentação, Gabriel também comentou ter despertado o interesse do futebol chinês, mas assegurou que jogar na Inter era o seu desejo pessoal.

"Eu tive uma oferta importante da China, mas eu escolhi vir para cá. Esta foi sempre a primeira opção. Eu tive ofertas de todo o mundo, mas eu acho que vim para a maior equipe italiana, estou feliz com esta escolha", disse.

Gabriel é o terceiro brasileiro do elenco da Inter, que também conta com o zagueiro Miranda e o volante Felipe Melo. Na última quarta-feira, ele ficou no banco de reservas na vitória sobre o Empoli pelo Campeonato Italiano. Agora, após ser apresentado, o ex-santista vive a expectativa de estrear no próximo domingo, quando o time vai receber o Bologna pelo torneio nacional.