Torcedores do Inter depredam casa e morador nega ser dono de drone provocativo

Um drone que trazia a letra "B", em referência ao fantasma do rebaixamento, sobrevoou o Beira-Rio durante a vitória sobre o Cruzeiro

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 28 (AFI) - Após a vitória do Internacional sobre Cruzeiro, por 1 a 0, conquistada na tarde deste domingo, no Beira-Rio, uma família que mora nos arredores do estádio, em Porto Alegre, saiu no prejuízo com um ato de vandalismo. Durante o duelo, um drone que trazia a letra "B", em referência ao fantasma do rebaixamento que ameaça a equipe colorada no Brasileirão, sobrevoou o estádio e causou a revolta de alguns torcedores do Inter, que depredaram a residência do suposto dono do objeto.

O morador, contudo, se disse torcedor do clube e desabafou. "Sou inocente, não fui eu que coloquei. Eu sou colorado e os caras vieram. Além de passar o ano sofrendo, com um time quase indo para a segunda divisão, ainda tenho todo o prejuízo da minha casa, do meu carro", contou Cássio Alves à Rádio Gaúcha.

Torcedor divulgou fotos de carro e casa depredados. (Foto: Arquivo Pessoal)
Torcedor divulgou fotos de carro e casa depredados. (Foto: Arquivo Pessoal)
Os torcedores depredaram o portão da casa, além de um carro. Com sua esposa e a filha de dez meses no local na hora da confusão, Cássio lembrou do ocorrido. "Escutei os minutos de jogo, vibrei muito. E, do nada, me surpreendo com um bando de marginais gritando 'o drone'. Eu não entendi nada. Depois, fiquei sabendo o que era.

Eles estavam alucinados, abriram o meu portão e jogaram pedras e paus", completou.

Confusão à parte, dentro de campo o Internacional ganhou sobrevida na luta contra o rebaixamento. O triunfo levou o time aos 42 pontos na 17ª colocação do Brasileirão, mas com a mesma pontuação do Vitória, primeiro time fora da zona do descenso e que ainda joga nesta segunda-feira, contra o Coritiba, às 20 horas, fora de casa, no fechamento da penúltima rodada.

Drone provocativo sobrevoou o Beira-Rio. (Foto: Reprodução)
Drone provocativo sobrevoou o Beira-Rio. (Foto: Reprodução)