Inglês: Técnico diz que Payet deseja sair do West Ham, mas descarta negociação

"Demos um longo contrato porque queremos que ele fique", disse o treinador Slaven Bilic

por Agência Estado

Campinas, SP, 12 - Dimitri Payet não está à venda, afirmou, nesta quinta-feira, o técnico do West Ham, Slaven Bilic. O meia francês disse que não quer mais jogar pelo clube inglês, mas o treinador exigiu que ele mostre o mesmo "compromisso e determinação" que o West Ham teve ao renovar seu contrato até junho de 2021 no ano passado.

"Demos um longo contrato porque queremos que ele fique", disse Bilic nesta quinta-feira. "Nós dissemos que não queremos vender nossos melhores jogadores, mas Dimitri Payet não quer jogar por nós. Nós não vamos vendê-lo. É por isso que lhe demos um contrato longo, e depois um novo contrato quatro meses depois. Falei com ele e se recusou a jogar".

Payet, de 29 anos, foi contratado em junho de 2015 junto ao Olympique de Marselha e se destacou na temporada passada, ajudando o time a terminar o Campeonato Inglês em sétimo lugar. Nesta temporada, as suas performances não vêm sendo tão boas, e o time, que agora manda o seus jogos no Estádio Olímpico de Londres, ocupa apenas a 13ª posição.

INTERESSE EM PAYET
Ainda assim, as boas atuações de Payet na temporada passada e sua rara habilidade o levam a ser desejado por outros clubes.

"Ele provavelmente foi procurado por outros clubes", disse Bilic. "Eu falei com o clube, o presidente e o vice-presidente. Não é uma questão de dinheiro. Nós queremos mantê-lo. É isso".

Embora Bilic esteja inflexível, ele decidiu afastar Payet. "Até que ele mude sua atitude, ele está fora da equipe e não vai treinar conosco. Mas não vamos vendê-lo", disse. "Eu espero que ele volte e demonstre comprometimento e determinação com a equipe como a equipe mostrou com ele".

Ainda sem brilhar nesta temporada, Payet se destacou pela seleção francesa no ano passado, quando marcou três gols na Eurocopa, conduzindo a equipe até a decisão do torneio, sendo derrotada na final pelos portugueses na prorrogação.