INGLÊS: Coutinho e Firmino se destacam, mas Liverpool fica no 0 a 0 com o United

Comandado pelo técnico José Mourinho, mas não teve sucesso no ataque, em partida marcada pelo fraco desempenho ofensivo

por Agência Estado

Campinas, SP, 17 (AFI) - Philippe Coutinho e Roberto Firmino até tentaram, mas não conseguiram tirar o zero do placar no clássico entre Liverpool e Manchester United, nesta segunda-feira, no encerramento da oitava rodada do Campeonato Inglês. Jogando no Anfield Road, o time da casa dominou o arquirrival, comandado pelo técnico José Mourinho, mas não teve sucesso no ataque, em partida marcada pelo fraco desempenho ofensivo das duas equipes.

Com o empate, o Liverpool desperdiçou a chance de encostar de vez no líder Manchester City, que tem 19 pontos. Poderia até assumir a liderança da tabela caso tivesse vencido o United por um placar elástico. Agora terá que se contentar com a quarta colocação, com 17 pontos. O United aparece somente na 7ª posição, com 14 pontos.

Liverpool e Manchester United fizeram um primeiro tempo de muita expectativa e poucas emoções, em que as defesas brilharam muito mais que os ataques. Os números resumiam bem o primeiro tempo: foram apenas sete finalizações na etapa, sendo que apenas duas delas atingiram o alvo. Ou seja, cada time acertou apenas uma bola no gol em 45 minutos.

Mais recuado, o Manchester United apostava nos contra-ataques, com Ibrahimovic mais adiantado. O Liverpool, por sua vez, tinha até 65% da posse de bola. Cercava a área dos visitantes com frequência. Philippe Coutinho era o principal armador. Mas o ataque anfitrião parava facilmente na defesa do Manchester. O primeiro tempo foi encerrado sem nenhuma chance clara de gol para ambos os lados.

O segundo tempo não reservou maior empolgação aos torcedores presentes no Anfield Road. A etapa também contou com apenas dois chutes a gol. Mas, desta vez, foi o Liverpool o responsável pelas duas tentativas, diante de um Manchester ainda mais recuado. Ibrahimovic e Pogba estiveram apagados na etapa final. E nem a entrada de Wayne Rooney aos 31 minutos, na vaga de Rashford, mudou o panorama do setor ofensivo dos visitantes.

Do lado do Liverpool, os brasileiros comandaram as ações e foram os responsáveis pelas raras chances de gol da partida. Foi dos pés de Coutinho que surgiu a melhor oportunidade da partida. Aos 25 minutos, ele acertou lindo chute de longe e obrigou o goleiro De Gea a saltar para fazer defesa tão bela quanto a finalização.

Roberto Firmino, por sua vez, esteve perto de ampliar o placar duas vezes. Aos 30, ele recebeu boa enfiada pela direita área, mas o árbitro assinalou impedimento quando ele ficaria cara a cara com De Gea na pequena área. Oito minutos depois, Coutinho deu passe de calcanhar para Firmino pela esquerda. E, quando o atacante se preparava para a finalização, Valencia apareceu para fazer o corte.

Nos minutos finais, os dois times partiram para o ataque de forma desorganizada. Mas, como aconteceu ao longo da partida, erros de passe e estocadas eficientes das duas defesas mantiveram o placar inalterado.

Confira os resultados da 8ª rodada
Chelsea
3
x
0
Leicester City
Arsenal
3
x
2
Swansea
Bournemouth
6
x
1
Hull City
Manchester City
1
x
1
Everton
Stoke City
2
x
0
Sunderland
West Bromwich
1
x
1
Tottenham
Crystal Palace
0
x
1
West Ham
Middlesbrough
0
x
1
Watford
Southampton
3
x
1
Burnley
Liverpool
0
x
0
Manchester United
Próxima RodadaVeja a Classificação!