Independente está de olho no goleiro Bruno, ex-Flamengo, para a Série A3

Para fazer uma proposta oficial, o clube de Limeira espera a decisão da Justiça de cancelar a certidão de óbito de Eliza Samúdio

por Agência Futebol Interior

Limeira, SP, 11 (AFI) – Após ter encerrado sua participação na Copa Paulista, o Independente de Limeira coloca suas atenções na preparação para o Campeonato Paulista Série A3. E quem abre a lista de possíveis reforços é o goleiro Bruno, ex-Flamengo e preso desde 2013 por ter encomendado a morte da ex-mulher Eliza Samúdio. Ele entrou com um pedido para anular a certidão de óbito, afim de um novo julgamento.

Para fazer uma proposta oficial, o clube de Limeira espera a decisão da Justiça – esta é a segunda tentativa de cancelar a primeira condenação do jogador, o que lhe daria uma nova oportunidade de defesa. Bruno foi condenado a mais de 22 anos por assassinato e ocultação de cadáver, além de sequestro e cárcere privado de seu filho. O corpo de Eliza, entretanto, nunca foi encontrado.

Para fazer uma proposta oficial, o Independente de Limeira espera a decisão da Justiça em liberar ou não o goleiro - Foto: Marcia Feitosa (VIPCOMM)
Para fazer uma proposta oficial, o Independente de Limeira espera a decisão da Justiça em liberar ou não o goleiro

Apesar de não atuar desde 2010, o goleiro poderá contar com todo o apoio do Independente, caso a negociação se concretize. O técnico Fernando Alves disse que Bruno seria uma peça importante, já que o objetivo do clube é montar um elenco mais experiente para o próximo estadual.

NÃO É INÉDITO
Esta não é a primeira vez que o Independente abre as suas portas para jogadores que tiveram problemas fora de campo. Na disputa da Copa Paulista deste ano, por exemplo, Piá, ex-meia do Corinthians, Ponte Preta e do próprio Independente foi auxiliar técnico do time. O jogador foi preso diversas vezes em 2015 por roubo a caixas eletrônico, ficando até oito meses na prisão.

Depois de um ano difícil com o rebaixamento, o Independente vem pressionado para buscar o acesso em 2017. Mesmo assim, a diretoria do clube demonstra ter intenção em um goleiro que não atua desde 2010, levantando dúvidas sobre as pretensões do clube no próximo ano.

VALE ACREDITAR?
Uma contratação deste porte, apesar de Bruno estar fora dos gramados desde que foi preso, levanta uma dúvida pela desorganização que girou em cima do clube nesta temporada. A diretoria quer apenas 'aparecer', fazendo do ex-goleiro do Flamengo um holofote na preparação do time para a Série A3, ou existe mesmo uma negociação para ter o jogador na equipe titular em 2017.

Precisa levar em conta a administração do clube, que foi pífia neste ano. Era esperado muito do Independente na Série A2, mas o que se viu foram salários atrasados e conflitos internos, que resultaram no rebaixamento da equipe, com uma campanha fraquíssima, com apenas quatro vitórias, em 19 jogos disputados. Será que o Galo quer apenas aparecer?