Série C: Guarani retorna aos treinos no aguardo por vistoria e julgamento

De ressaca após sofrer goleada por 4 a 0 para o ABC, o Bugre vive expectativas em relação a utilização do Brinco de Ouro

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 19 (AFI) - Dois dias depois de sofrer uma goleada por 4 a 0 no duelo de ida das semifinais da Série C do Brasileiro, o elenco do Guarani se reapresentou na manhã desta quarta-feira para dar início a preparação para o jogo de volta, marcado para as 21 horas deste domingo, no Brinco de Ouro. Enquanto os jogadores treinam, a diretoria tenta resolver dois assuntos referentes ao estádio ainda nesta quarta.

No final da tarde, o clube será julgado no STJD por invasão e agressão de torcedores, além de comportamento inadequado de gandulas na rodada de volta das quartas de final, contra o ASA. O Bugre pode ser multado em até R$ 200 mil e até perder mandos de campo.

O elenco do Guarani se reapresentou na manhã desta quarta-feira. (Foto: Twitter / Guarani FC)
O elenco do Guarani se reapresentou na manhã desta quarta-feira. (Foto: Twitter / Guarani FC)

De qualquer maneira, a diretoria está confiante de que o time não terá problemas com o mando, ao menos no jogo contra o ABC, e por isso continua se esforçando para liberar o tobogã do Brinco de Ouro para aumentar a capacidade do estádio.

A expectativa é que o Corpo de Bombeiros enfim faça a vistoria do setor até sexta-feira. Se liberado, a capacidade aumentará em cerca de 6 mil lugares. Os ingressos para os outros setores do estádio bugrino já estão sendo comercializados nas bilheterias. Todas as entradas foram definidas com o valor de R$ 20 para torcedores com a camisa do time.