Série C: Guarani ganha tempo para liberar tobogã e recupear elenco

O Bugre volta a campo apenas no dia 1º de outubro, o que aumenta as chances de concluir as obras do Brinco antes de enfrentar o ASAA

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 29 (AFI) - Após se classificar para as quartas de final da Série C na liderança do Grupo B, com 38 pontos, o Guarani volta a campo apenas no dia 1º de outubro, data definida pela CBF para a rodada de ida dos confrontos com o ASA que definirão o acesso à Série B. A diretoria e a comissão técnica do clube ficaram satisfeitos com a data, já que vão ter mais tempo para concluir as reformas do Brinco de Ouro e para recuperar o elenco.

Como se classificou com a melhor campanha, após enfrentar o ASA, em Arapiraca, o Guarani vai decidir seu futuro no dia 9, em Campinas. Por isso, quer contar com o apoio do maior número de torcedores possível, o que motivou a realização das obras que estão em andamento. Além de diminuir o setor visitante, o foco é adaptar o tobogã às exigências da CBF. O setor está interditado desde 2013.

A data do primeiro jogo das quartas também agradou pelo fato de dar mais tempo para o técnico Marcelo Chamusca preparar a equipe. Até por isso, o elenco se reapresenta apenas nesta quarta-feira. Normalmente, quando o time joga aos domingos, a reapresentação é realizada na terça-feira.

No longo período de preparação, Chamusca espera promover o retorno gradual do zagueiro Leandro Amaro, titular absoluto que ficou de fora das duas últimas rodadas para tratar de uma lesão. Além disso, também vai aproveitar para tentar encaixar Eliandro no time. O atacante foi contratado na sexta-feira passada e ainda aguarda pela regularização no Boletim Informativo Diário (BID) da CBF, burocracia que deve ser resolvida até o fim desta semana.