Série C: Camisa 10 é apresentado e deve ser titular no Guarani

Meia chega ao clube e deve começar como titular contra o Betim

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 30 (AFI) - O técnico do Guarani, Tarcísio Pugliese, ganhou um reforço cheio de vontade para a sequência da Série C do Campeonato Brasileiro. Contratado na semana passada, o meia Fernandinho participou de seu primeiro trabalho com o elenco e logo de cara já esteve em campo no jogo-treino diante do Independente, no Brinco de Ouro.

Após a partida, o reforço de 32 anos concedeu entrevista coletiva à imprensa e já se colocou à disposição para integrar o grupo para o jogo do próximo sábado contra o Betim, fora de casa, pela 7ª rodada da Série C.

“O Guarani sempre será um clube grande e por isso não pensei duas vezes para acertar com o clube. Vim para ajudar e ao mesmo tempo buscar o meu espaço. Eu vim com o pensamento de jogar”, afirmou o meia, que gostou de ter participado do jogo-treino.

“É importante para ganhar ritmo de jogo e já me entrosar com os meus companheiros. Claro que estou sem ritmo de jogo, mas fisicamente estou bem. Se a documentação sair estou à disposição para sábado”, acrescentou meia, que já não atua numa partida oficial desde o fim do Paulistão.

A expectativa é que o seu registro na CBF seja publicado nesta semana. Caso seja regulizarado à tempo, o meia deve ganhar a camisa 10 do Bugre, já que ele é o favorito para assumir a vaga de Fumagalli, que está suspenso para enfrentar o Betim.

Natural de Matão (SP), Éldis Fernando Damásio, conhecido como Fernandinho, começou sua carreira na Ferroviária, onde se profissionalizou. O jogador defendeu ainda outros clubes do País – Guaratinguetá, Lajes, Tupã, Vasco, Figueirense, Mogi Mirim e Linense. No currículo, ele traz uma longa experiência no futebol do Japão, onde atuou por Gamba Osaka, Shimizu S-Pulse, Vegalta Sendai, Oita Trinita, Kyoto Sanga e Ventforet Kofu.

“Acredito que por tudo que passei no futebol, jogando em tanto na 4ª divisão do Campeonato Paulista como na Série A do Brasileiro, posso ajudar o Guarani a conquistar seu objetivo que é o acesso”, projetou Fernandinho.