Grêmio desembarca em Porto Alegre com protestos e esquema de segurança

No lado de fora, um grupo pequeno de torcedores protestava. Em coro, gritavam "respeitem o Grêmio"

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 15 - A delegação do Grêmio não escapou dos protestos de torcedores na tarde desta quinta-feira, ao desembarcar no Aeroporto Salgado Filho, em Porto Alegre. Para evitar maiores problemas, o time deixou o local sob a escolta de três carros da Brigada Militar, a polícia militar local.

Os jogadores desembarcaram na pista e entraram direto no ônibus do time que buscou os atletas direto no local. No lado de fora, um grupo pequeno de torcedores protestava. Em coro, gritavam "respeitem o Grêmio". Houve ainda xingamentos direcionados a alguns jogadores. Não foi registrado tumulto.

A irritação dos torcedores se deve à derrota para a Ponte Preta, por 3 a 0, na noite de quarta, em Campinas. Foi o segundo revés do time jogando fora de casa. Antes, foi goleada pelo ameaçado Coritiba por 4 a 0. A nova derrota custou o emprego do técnico Roger Machado, que pediu demissão ao fim do jogo disputado no estádio Moisés Lucarelli.

O elenco gremista voltou às atividades na tarde desta quinta. No CT, treinaram somente os jogadores que não viajaram para Campinas. O próximo desafio do Grêmio no Brasileirão será o Fluminense, no domingo, em Porto Alegre.