De saída da Ponte, meia se aproxima do Guaratinguetá

O meia foi uma das barcas deixadas por Ocimar Bolicenho

por Agência Futebol Interior

Campinas, SP, 23 (AFI) - A Ponte Preta vem se livrando aos poucos das barcas deixadas por Ocimar Bolicenho, que na há duas semanas pediu demissão do cargo de executivo de futebol. Ainda nessa semana, a diretoria deve confirmar a saída do meia Rafinha. O destino do jogador será o Guaratinguetá, que disputa a Série B do Campeonato Brasileiro.

Rafinha foi uma das inúmeras apostas feitas por Ocimar Bolicenho e o resultado é a Macaca na zona de rebaixamento, correndo sérios riscos de disputar a Série B em 2014. A diretoria alvinegra ainda não oficializada a saída do jogador porque falta a rescisão contratual, mas ele está fora dos planos do técnico Jorginho.

Aos 21 anos, Rafinha se destacou no primeiro semestre defendendo o Audax na Série A2 do Campeonato Paulista e chegou ao Majestoso como uma aposta. Assim como outros jogadores que foram contratados por Ocimar Bolicenho, o meia não vingou e nas últimas partidas do Brasileirão sequer vinha ficando como opção no banco de reservas.

E a Ponte Preta deve oficializar a saída de outros jogadores ao longo dessa semana. O volante Paulo Roberto está indo para o Figueirense, assim como o atacante Everton Santos, que será emprestado até o fim do ano. Já a situação de Ramírez é um pouco mais complicado. A diretoria alvinegra quer encerrar o empréstimo, mas para isso precisa convencer o Corinthians.