Carioca: Formado em Xerém, Reginaldo recebe primeira chance no Fluminense aos 24 anos

Defensor já passou por Resende, PSTC-PR, Esportivo-RS, e Metropolitano-SC, além do Jaro (da Finlândia) e do Vila Nova

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 11 - Nos últimos anos, o Fluminense passou a adotar uma estratégia diferente para tentar aproveitar ao máximo seu centro de formação de atletas, em Xerém. Após estourarem o limite de idade para jogar na base, muitos jogadores seguem sob contrato, sendo emprestados na esperança de se destacarem e serem vendidos ou reintegrados.

Foi assim que o zagueiro Reginaldo seguiu ligado ao clube, sendo seguidamente emprestado. Passou por times pequenos do Brasil e até pelo futebol da Finlândia. Em 2016, destacou-se como titular do Vila Nova na Série B. Agora, aos 24 anos, ganha sua primeira chance no Fluminense.

Reginaldo (segundo da fila) destaca importância de uma pré-temporada bem feita para a sequência do ano (Foto: Divulgação)
Reginaldo (segundo da fila) destaca importância de uma pré-temporada bem feita para a sequência do ano (Foto: Divulgação)
"A sensação de estar de volta é uma das melhores possíveis. Estou muito feliz de ter a oportunidade de estar aqui, com esse grupo", disse o defensor.

"Durante os treinamentos quero fazer o que sei de melhor, estar sempre firme e forte em busca de uma oportunidade do professor Abel (Braga)", comentou Reginaldo.

Até chegar ao elenco principal do Flu, ele passou por Resende, PSTC-PR, Esportivo-RS, e Metropolitano-SC, além do Jaro (da Finlândia) e do Vila.

"Cheguei no Fluminense em 2011, e em 2012 encerrou minha trajetória na base. Acabei tendo a oportunidade de ser emprestado a outros clubes e no meu último clube, o Vila Nova, no passado, foi uma das melhores temporadas da minha carreira profissional", aponta o zagueiro.