Levir Culpi reconhece atuação ruim do Fluminense em derrota: 'Jogo foi péssimo'

A derrota foi uma ducha de água fria para as pretensões do clube que almeja no minímo terminar no G4 do Campeonato Brasileiro

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 16 - Alvo de críticas da torcida, Levir Culpi reconheceu que o Fluminense teve uma atuação ruim na derrota por 2 a 1 para a Chapecoense, na noite de quinta-feira, em Mesquita (RJ), pelo Campeonato Brasileiro. Em sua entrevista coletiva, o treinador tentou justificar a troca do atacante Magno Alves pelo meia Maranhão no intervalo, quando o jogo estava empatado em 0 a 0, e admitiu que o seu time teve desempenho inferior ao apresentado pelo adversário.

"Achei que o Magno estava bem na partida, mas havia muita dificuldade. Ele quase não teve chance de finalizar. Eles estavam ganhando o meio e tentei ganhar o meio para forçar mais ataques. O jogo em si foi péssimo. Também pelo bom desempenho da Chapecoense. O sistema defensivo deles funcionou muito bem. Ainda furamos o bloqueio, abrimos o placar e eles continuaram marcando atrás. Puxaram muito bem os contra-ataques", disse.

Levir Culpi reconheceu que o Fluminense foi inferior a Chapecoense
Levir Culpi reconheceu que o Fluminense foi inferior a Chapecoense
DUCHA DE ÁGUA FRIA!
A derrota foi considerada decepcionante para as pretensões do Fluminense. Afinal, após superar o Atlético-MG, o time sonhava com uma vaga no G4, mas agora ficou a cinco pontos da zona de classificação para a próxima Libertadores. Levir pediu critério nas avaliações sobre o time e também reconheceu que a equipe vem oscilando demais.

"É tudo muito emocional. Quando vencemos o Atlético-MG, era tudo positivo. Vimos a distância curta pro G-4. Ai perde um jogo desse e a impressão que dá é que vamos jogar a Série B. Tudo muito pra cima ou muito para baixo. Os jogos são muito equilibrados, temos que estar sempre bem concentrados. Teremos muitas surpresas pela frente. Não gostamos do jogo. Vencíamos a partida e levamos a virada. Se começar a fazer conta agora… Não adianta chorar. Não jogamos bem e foi uma partida inferior às últimas do Flu", afirmou.

Com 37 pontos e em sétimo lugar no Brasileirão, o Fluminense voltará a jogar no próximo domingo, quando vai encarar o Grêmio, em Porto Alegre, pela 26ª rodada.