Com Levir sobre pressão, Henrique vê Fluminense com qualidade para vencer o Grêmio

Zagueiro analisa que o adversário também não está em um bom momento, Douglas e Maranhão são desfalques para este duelo

por Agência Estado

Porto Alegre, RS, 18 - Após emplacar uma sequência de bons resultados e passar a impressão de que integraria a zona de classificação para a Copa Libertadores da América, o Fluminense voltou a tropeçar em casa e trouxe nova pressão para o jogo contra o Grêmio, neste domingo, às 16 horas, na Arena Grêmio, em Porto Alegre, pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O último resultado ruim veio na quinta-feira, quando saiu na frente e tomou a virada para a Chapecoense, em casa, no estádio Giulite Coutinho, em Mesquita. Com o resultado, o time ficou com 37 pontos e atrás dos quatro primeiros colocados do Brasileirão. Em fase ainda pior, embora com a mesma pontuação do adversário, o Grêmio conquistou apenas uma vitória no segundo turno e fará a sua primeira partida sem o técnico Roger Machado, que pediu demissão após a derrota para a Ponte Preta, por 3 a 0.

Henrique entende que o Fluminense tem qualidade para vencer o Grêmio
Henrique entende que o Fluminense tem qualidade para vencer o Grêmio
DECISÕES
A partida com o Grêmio será a primeira das duas decisões que o time terá pela frente, já que enfrenta no próximo domingo o Corinthians, fora de casa, em São Paulo. Na derrota para a Chapecoense, o técnico Levir Culpi foi criticado pela torcida e viu a pressão aumentar, algo que terá de ser administrado em Porto Alegre.

"Pressão vai ter para o lado deles, mas também para nós. Isso acontece em todos os clubes grandes do Brasil. Mas temos condições de chegar lá e conquistar uma vitória", disse o zagueiro Henrique.

DESFALQUES
Para o jogo no Rio Grande do Sul, Levir não poderá contar com o volante Douglas e o atacante Maranhão, suspensos. No meio de campo, Pierre retorna ao time, assim como Wellington. Magno Alves, que teve boa atuação na vitória sobre o Atlético Mineiro, na última segunda-feira, seguirá como opção no banco de reservas, depois de ter entrado em campo no decorrer do confronto com os atleticanos.