Sem título em 2016, Flamengo completará mais de 1 ano sem vencer no Maracanã

Só neste Campeonato Brasileiro foram 15 jogos como mandante, com 11 vitórias, dois empates e apenas duas derrotas

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 21 (AFI) – Em má fase, o Flamengo deu adeus ao título do Campeonato Brasileiro no último domingo, quando ficou no empate por 2 a 2 com o Coritiba dentro de casa. Além de escancarar o mau momento do elenco, ainda trouxe a tona um tabu incrível: o time não vence no Maracanã há 1 ano e 19 dias. Neste domingo recebe o Santos, às 17 horas, pela 37ª rodada. Ironicamente, se vencer os praianos, dá a taça de brinde ao Palmeiras.

Mas vamos ser justos com o clube carioca: o estádio ficou boa parte do tempo fechado para reformas, aguardando a Olimpíadas do Rio de Janeiro – e que viu a Seleção Brasileira levar a primeira medalha de ouro na sua história. Mas, ainda assim, é inevitável não se assustar com os números do Mengão dentro do Maraca, já que, a má fase começou justamente quando retornou a ‘sua casa’.
Sem título em 2016, Flamengo completará mais de 1 ano sem vencer no Maracanã
Sem título em 2016, Flamengo completará mais de 1 ano sem vencer no Maracanã

Só neste Campeonato Brasileiro foram 15 jogos como mandante, com 11 vitórias, dois empates e apenas duas derrotas, uma delas justamente para o Palmeiras – a outra para o rival Fluminense. Mas, desde que voltou ao ‘templo do futebol’ o Flamengo coleciona três empates consecutivos, com Corinthians (2 a 2) na estreia, Botafogo (0 a 0) e agora o Coritiba.

A última vez que deixou o gramado comemorando uma vitória dentro do Maracanã foi no dia 8 de novembro de 2015, quando bateu o Goiás por 4 a 1 na 34ª rodada do Brasileirão. Na ocasião, Alan Patrick marcou duas vezes e Kayke Moreno mais duas. Erik descontou para os goianos ainda no primeiro tempo. Curiosamente o Palmeiras venceu o Flamengo por 2 a 1 na última rodada e começou o tabu, que já dura mais de um ano.

CASA PROVISÓRIA E SECA

De lá pra cá, sem o Maraca, o Flamengo jogou nove vezwes no Raulino de Oliveira, oito no Kléber de Andrade, sete no Mané Garrincha, três vezes no Pacaembu e ainda uma na Arena das Duas, no estádio Municipal de Juiz de Fora e no estádio de Edson Passos, em Mesquita. Além disso, o time carioca fechará o ano em branco, sem nenhum título.

No primeiro semestre o elenco foi eliminado pelo Vasco na semifinal do Campeonato Carioca, além da semi da Primeira Liga para o Atlético-PR. Além disso, caio para o Confiança na Copa do Brasil, na esperança de levar a Sul-Americana. Mas com péssima atuação em casa caiu para o Palestino nas oitavas. Agora no Campeonato Brasileiro, sonha em terminar na segunda posição e garantir a vaga na Libertadores do próximo ano.