Jogadores do Flamengo minimizam polêmica e parabenizam Ricci

O Fluminense teve um gol anulado aos 39 minutos depois de muita confusão no gramado

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 13 (AFI) - Enquanto os tricolores deixaram o gramado do Raulino de Oliveira indignados com a atuação do árbitro catarinense Sandro Meira Ricci, os rubronegros minimizaram a polêmica no final do jogo e parabenizaram o trio de arbitragem. Fato é que a vitória do Flamengo sobre o Fluminense, por 2 a 1, em Volta Redonda, pela 30ª rodada do Brasileirão, ainda vai dar muito o que falar.

Tudo começou quando, aos 39 minutos do segundo tempo, Henrique cabeceou e empatou para o Fluminense. O bandeirinha Emerson Augusto de Carvalho marcou impedimento, Sandro Meira Ricci anulou, mas depois de conversarem validou o gol. No entanto, após muita confusão e bate boca entre os jogadores, o juiz voltou atrás mais uma vez e invalidou o lance. O defensor tricolor realmente estava impedido, mas a suspeita é de que a arbitragem teve ajuda externa para tomar uma decisão final.

Réver e Diego comemoram com os companheiros a vitória do Flamengo sobre o Fluminense
Réver e Diego comemoram com os companheiros a vitória do Flamengo sobre o Fluminense
"Um clássico sem confusão não seria clássico. Pelo que eu fiquei sabendo, o árbitro acertou no lance. O Sandro e os assistentes estão de parabéns. O lance poderia interferir no campeonato", elogiou o zagueiro Réver.

O meia Diego seguiu a mesma linha do companheiro e minimizou a polêmica, dizendo que se tratava de um lance bastante complicado. O camisa 10 garante que ninguém do bance de reservas recebeu notícias de fora falando se Henrique estava impedido ou não e comemorou a suada vitória.

"É muito difícil para a arbitragem. O lance foi muito rápido. Não queria estar na pela dele. Os dois times brigaram pelo seu interesse. No fim, acho que a decisão foi correta. Assim como meus companheiros, não chegou nenhuma informação nenhuma para mim. O Fluminense é um grande rival. A vitória nos ajudará muito", comemorou Diego.

Polêmicas deixadas de lado, o Flamengo chegou aos 60 pontos e, beneficiado pelo empate do Palmeiras com o Cruzeiro em Araraquara, diminuiu a vantagem do líder para apenas um ponto. De olho na ponta, o Fla volta a campo no próximo domingo, contra o Internacional, em Porto Alegre, pela 31ª rodada.