Flamengo exalta forte apoio de torcida antes de jogo em que time cumpriu punição

Festejados desde a saída do ônibus por um grande número do time na porta do aeroporto, os jogadores deram resposta em campo

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 15 - Sem poder contar com sua torcida no Allianz Parque na noite da última quarta-feira à noite, tendo em vista a punição que o time recebeu do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por causa de sérios conflitos entre torcedores do time e do Palmeiras no primeiro turno do Brasileirão, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, o Flamengo resolveu se manifestar oficialmente nesta quinta para agradecer o apoio maciço que recebeu antes do confronto diante dos palmeirenses em São Paulo.

Além de fazer grande festa nas ruas do Rio, torcedores flamenguistas lotaram o saguão do Aeroporto Santos Dumont desde as primeiras horas da última terça, quando a equipe rubro-negra embarcou rumo à capital paulista. Festejados desde a saída do ônibus por um grande número de seguidores do time na porta do aeroporto, os jogadores deram a resposta dentro de campo na noite de quarta-feira, quando conseguiram um importante empate por 1 a 1 que manteve o time carioca apenas um ponto atrás do líder Palmeiras e na luta direta pelo título do Brasileirão.

"O Flamengo foi a São Paulo nos braços do torcedor. O apoio e cumplicidade foi combustível fundamental no importante compromisso contra o Palmeiras. A alma rubro-negra uniu a Nação, diretoria, comissão técnica, atletas e funcionários e assim iremos até o final", ressaltou o clube, ao iniciar a nota que publicou em seu site oficial no início da noite desta quinta.

Em seguida, o Flamengo lembrou que outros torcedores também recepcionaram o time em bom número do desembarque em São Paulo, na terça-feira. "A experiência foi inesquecível. Os milhares nas ruas do Rio de Janeiro desde o início da manhã de terça-feira, seguidos da imensidão presente no Santos Dumont. Na chegada, presença maciça no Aeroporto de Congonhas", continua a nota, que também lamenta o fato de que a equipe não pôde ter um contato mais próximo com os seus torcedores no desembarque ocorrido nesta quinta-feira, no Rio.

"A delegação rubro-negra desejava desembarcar normalmente nesta quinta-feira. Abraçar sua torcida, retribuir todo carinho recebido, viver mais uma vez essa inesquecível experiência. Por determinação da Infraero e da Polícia Militar, nosso contato foi mais distante. Nem por isso menos intenso. Obrigado, Nação Rubro-Negra. Pela demonstração de amor, cumplicidade e incentivo. Seguimos juntos, até o final. Somos todos, menos alguns", encerrou o clube na nota oficial, confiante de que sua torcida poderá fazer a diferença nesta reta final do segundo turno do Brasileirão.

De volta ao Rio, o Flamengo já viajará novamente para São Paulo neste final de semana, pois mandará o jogo diante do Figueirense, neste domingo, às 11 horas, no Pacaembu. Mesmo atuando em São Paulo, o time já contabiliza mais de 18 mil ingressos vendidos para a partida, na qual o tradicional estádio paulistano deverá receber mais de 30 mil pessoas.