Copa Paulista: Técnico da Ferroviária quer superar ‘último passo’ para assegurar vaga

Antônio Picoli elogiou a evolução apresentada pelo jovem elenco, mas quer a classificação

por Federação Paulista (FPF) - São Paulo

Araraquara, SP, 13 (AFI) - A Ferroviária é dona do melhor aproveitamento geral na Copa Paulista, com 78,4% de aproveitamento. O clube de Araraquara venceu o Bragantino, fora de casa, por 1 a 0 e assumiu a liderança do Grupo 6 com 10 pontos O último confronto acontece como mandante diante do vice-líder Catanduvense e o técnico Antônio Picoli afirma a necessidade de superar o último desafio para comprovar a qualidade do trabalho e garantir a classificação.

Na última quarta-feira, os afeanos venceram o Bragantino por 1 a 0 em Bragança Paulista. “Foi um jogo muito equilibrado com poucas oportunidades, assim como está sendo. Soubemos aproveitar a oportunidade que apareceu e foi o resultado foi muito importante para nós”, analisou o técnico Antônio Picoli.

Antônio Picoli demonstra confiança no trabalho (Foto: Rodrigo Corsi/FPF)
Antônio Picoli demonstra confiança no trabalho (Foto: Rodrigo Corsi/FPF)
Antônio Picoli falou da importância em depender apenas de suas forças para avançar às quartas de final. “Sempre comentei da questão de maturar esse grupo jovem e isso passa por esses momentos. Sabemos que vamos jogar contra uma equipe experiente que tem espírito dessa competição, então essa oportunidade de dependermos apenas das nossas forças, talvez seja a mensagem para o grupo”, explicou.

No início da segunda fase, a Ferroviária não conseguiu vencer e engatou três vitórias consecutivas nas últimas rodadas. Picoli falou desse crescimento durante o torneio. “Tudo passa por uma construção coletiva. Temos uma cobrança interna e estamos nos moldando a cada fase, pois são diferentes. O fato de conversarmos muito e deixar os atletas por dentro de tudo o que acontece é um fator importante para o nosso crescimento”, revelou.

Por fim, Antônio Picoli afirmou a necessidade pela classificação para fazer valer o bom aproveitamento. “Entendo que aconteceu uma evolução, mas precisamos passar por esse último desafio, pois um tropeço, um dia infeliz, podemos ficar de fora”, concluiu.

Pela última rodada da segunda fase, a Ferroviária enfrenta o Catanduvense neste sábado (15), às 16h, na Arena Fonte Luminosa em Araraquara. Os afeanos estão na primeira colocação com 10 pontos, seguidos de Catanduvense com nove, Bragantino com sete e Santos já eliminado com três.