Copa Paulista: Técnico da Ferroviária afirma que equipe não pode relaxar

O treinador Antônio Picoli alertou sobre a experiência do adversário e sobre a importância da última partida da 2ª fase

por Agência Futebol Interior

Araraquara, SP, 14 (AFI) – A Ferroviária tem decisão pela frente diante do Catanduvense no próximo sábado, às 16h na Arena Fonte Luminosa. Para o técnico da Ferrinha, Antônio Picoli, a Ferroviária só não pode relaxar na partida, pois um dia infeliz acaba com todas as pretensões do clube na competição.

“As duas equipes pensam na classificação. Temos como objetivo principal buscar algum objetivo maior na competição. Se tivermos um dia infeliz tudo se complica. Por isso a gente fica sempre apertando, esticando a corda para que não se relaxe. Temos um jogo importante em casa e vamos atrás da vitória”, disse o treinador.
Ferroviária se prepara para jogo do tudo ou nada na Copa Paulista
Ferroviária se prepara para jogo do tudo ou nada na Copa Paulista

O treinador também falou sobre o time do Catanduvense, que, segundo ele, sabe se comportar dentro de casa e conta com muita experiência para competições desse tipo.

“É um momento de decisão, as equipes sabem se comportar fora de casa. O time do Catanduvense é experiente, o treinador também nesse tipo de competição, sabe bem como deve conduzir. Mas temos que olhar aquilo que nós temos condições de fazer e procurar aplicar ao máximo dentro desse modelo que nós estamos trabalhando desde o princípio”, afirmou Picoli.

Quanto ao atacante Wellington e o volante Rafael, que preocuparam no final da última partida, contra o Bragantino, Picoli afirmou que ainda não recebeu a informação final do departamento médico, mas que espera contar com todos.

“Eu ainda não tive um parecer do departamento médico em relação a esses atletas, mas aparentemente não foi nada muito sério. Mas ainda faremos um trabalho para resolver a situação desses atletas. Eu espero poder contar com todos eles”, finalizou Picoli.

O provável time da Ferroviária vem com: Matheus; Willian Cordeiro, Raniele, Luan e Sávio; Rafael Castro, Kaio Fernando e Diego Souza; Elder Santana, Bruno Lopes e Wellington.