Copa Paulista: Apesar da melhor campanha, Picoli não vê favoritismo da Ferroviária

Outro fator que está incomodando e preocupando o treinador são as longas viagens que o clube vai precisar fazer

por Agência Futebol Interior

Araraquara, SP, 21 (AFI) - Dono da melhor campanha da primeira fase da Copa Paulista, a Ferroviária não pretende carregar o rótulo de favorito na segunda fase do torneio estadual. Quem disse isso é o técnico Antônio Picoli, que deixou claro que o objetivo principal do clube a essa altura é a experiência conquistada pelo jovem elenco da Locomotiva.

"O importante era passar essa primeira fase com louvor, inteligência, e foi possível adquirir uma maturidade. Agora é um novo campeonato, e a Ferroviária entra mais madura do que entrou no início, e é uma fase que todos querem vencer" disse o comandante em entrevista Rádio Cultura AM de Araraquara.

Outro fator que está incomodando e preocupando o treinador são as longas viagens que o clube vai precisar fazer, em relação a primeira fase. O grupo da Locomotiva, antes regionalizado, agora vai obrigar o time a fazer trajetos maiores para as partidas fora de casa, serão: 115 km até Catanduva, 294 km até São Bernardo do Campo - onde vai enfrentar o Santos e 250 até Bragança Paulista. De qualquer forma, Picoli descartou que isso possa desgastar o elenco.

"Não preocupa não. Desde que saiu o regulamento da competição nós sabíamos dessas viagens na segunda fase. Não vejo como preocupação, nós demos ritmo a todos os atletas até pensando nisso também. Se fizermos um jogo a jogo de forma equilibrada, no final acaba sendo interessante", completou o Picoli em entrevista a Rádio Cultura AM de Araraquara.

Em busca do título para conquistar uma vaga em um torneio nacional, seja ela na Copa do Brasil ou na Série D do Campeonato Brasileiro, a Ferroviária já volta a campo nesse sábado. Seu primeiro compromisso na segunda fase é diante da Catanduvense, às 17h, fora de casa, no Estádio Silvio Sales.