ESPANHOL: Com gol de Casemiro e homenagem a Cristiano Ronaldo, Real faz 5 no Granada

Além do brasileiro e de CR7, Bezema e Isco, duas vezes, fizeram os gols da vitória merengue

por Agência Estado

Campinas, SP, 07 (AFI) - No confronto do líder contra o vice-lanterna do Campeonato Espanhol, o Real Madrid aproveitou a fragilidade do adversário para passear em campo neste sábado. Em dia de homenagem a Cristiano Ronaldo e gol de Casemiro no Santiago Bernabéu, o time da capital não teve qualquer dificuldade para fazer 5 a 0 no adversário, pela 17.ª rodada da competição.

O resultado levou o Real a 40 pontos, com seis de vantagem para o segundo colocado Barcelona, com o mesmo número de partidas disputadas. Já o Granada é forte candidato ao rebaixamento e segue em penúltimo, com somente nove pontos. Na quinta-feira, o Real visita o Sevilla pela Copa do Rei. Já o Granada só volta a campo domingo diante do Osasuna, em casa, pelo Espanhol.

Antes da bola rolar neste sábado, Cristiano Ronaldo exibiu no gramado seus quatro troféus da Bola de Ouro diante dos olhares de ex-jogadores do Real que também já conquistaram o prêmio. Estiveram em campo Kopa, Michael Owen, Figo, Ronaldo, Zidane e Gento, enquanto, pelo telão, Kaká e Fabio Cannavaro também mandaram mensagens ao português.

O Real pareceu ter se inspirado em tantos craques, porque foi para cima após o apito inicial e definiu a goleada logo na primeira meia hora de jogo. O responsável por abrir o placar foi Isco, aos 11 minutos. Ele brigou pela posse de bola em saída errada do Granada e depois recebeu de Benzema sozinho, para tocar por baixo de Ochoa.

O gol não mudou o estilo de jogo do Real, que seguiu pressionando o adversário e chegou ao segundo gol somente nove minutos depois, contando com erro da arbitragem. Modric arriscou de fora da área, pelo lado direito. Ochoa espalmou para o meio da área e Benzema, impedido, tocou para a rede.

O Granada não encontrava resposta para os ataques madrilenhos e levaria mais dois gols nos minutos seguintes. Aos 26, Marcelo recebeu pela esquerda, fez o que quis com o marcador e cruzou na cabeça de Cristiano Ronaldo, que marcou. Aos 30, o Real roubou novamente a bola no ataque, Modric avançou pela direita e cruzou rasteiro para Isco completar.

Só então, a equipe tirou um pouco o pé do acelerador. Ainda assim, aproveitou novo erro de marcação do Granada no início do segundo tempo para selar o resultado. Aos 12 minutos, James Rodríguez cobrou falta pela direita, a defesa cochilou e Casemiro apareceu sozinho na segunda trave para selar o resultado.