Paulistão: Andrés Sanchez promete cobrar 'mais presença' de presidente do Corinthians

Uma conversa deve acontecer tanto quanto Roberto de Andrade retorne de suas férias nos Estados Unidos

por Agência Estado

São Paulo, SP, 09 - Andrés Sanchez, ex-presidente do Corinthians, vai se reunir nesta segunda-feira com o atual mandatário do clube, Roberto de Andrade, para exigir dele mais presença e acompanhamento na direção do clube. Em entrevista à Rádio Transamérica neste domingo, o ex-dirigente manifestou insatisfação com a atual gestão, que sofre pressão política, com um pedido de impeachment.

Sanchez aguarda o retorno de Andrade de uma viagem de férias pelos Estados Unidos para conversarem sobre os rumos do Corinthians.

"Ele precisa estar mais próximo das pessoas, no dia a dia do clube. Ele tem que estar mais presente no clube do que na sua vida pessoal, nem todo mundo tem esse tempo. Administrar um clube como o Corinthians a distância é complicado", afirmou.

Andrés Sanchez quer Roberto de Andrade mais presente no Corinthians
Andrés Sanchez quer Roberto de Andrade mais presente no Corinthians
PRESSIONADO
No começo de novembro do ano passado, conselheiros de oposição do Corinthians protocolaram um pedido para o impeachment do atual presidente.

Sob pressão, o dirigente chegou a ficar hospitalizado no fim daquele mês. O quadro de tensão não agrada a Andrés, que pede união interna e se disse contra a destituição do atual mandatário.

"É um crime para o clube, faz mal ao clube. Mais fácil se juntarem todos agora para tentar resgatar o Corinthians do que ficar falando de impeachment", disse o ex-presidente corintiano

O ex-dirigente se organiza nos bastidores para montar um grupo político para reestruturar o clube. Entre os projetos está o de resgatar antigos membros de diretorias anteriores para formar uma aliança capaz de dar estabilidade ao trabalho da gestão atual.