Xodó da torcida, Marlone convence Oswaldo e é titular do Corinthians

Além do gol marcado na vitória sobre o Internacional e a boa atuação no Itaquerão

por Agência Estado

São Paulo, SP, 22 - O técnico Oswaldo de Oliveira deixou claro, após o jogo com o Internacional, que Marlone é o novo titular do time do Corinthians. O jogador já caiu nas graças da maior parte da torcida, mas ainda não parecia ter cativado totalmente o treinador, que o deixou no banco de reservas no últimos jogos e só foi titular nesta segunda-feira porque Giovanni Augusto e Marquinhos Gabriel estavam suspensos.

Além do gol marcado na vitória sobre o Internacional e a boa atuação no Itaquerão, o meia ainda foi indicado ao Prêmio Puskas, pelo gol marcado contra o Cobresal, na Libertadores deste ano, no Itaquerão, onde dominou no peito e acertou um chute de voleio. Tudo isso serviu para convencer Oswaldo.

"Estou muito satisfeito com o desempenho do Marlone. Observo ele há muito tempo, desde que trabalhava no Rio de Janeiro. Quando estava no Sport, ansiava pela volta dele. Mas ele não vinha bem no Corinthians e no nosso primeiro jogo, contra o América-MG, ele estava estafado. Depois, não conseguiu repetir boas atuações. Correu atrás, se recuperou e hoje (segunda-feira) foi o melhor da partida. Mereceu fazer o gol. Especialmente no dia em que um de seus gols pode ganhar o Prêmio Puskas", comentou o treinador.

A presença de Marlone no time titular depende apenas de sua condição física. "Ele está iluminado e tem grandes chances de jogar sábado. Se ele se recuperar plenamente, tem muita chance de começar a próxima partida", antecipou Oswaldo, que contará ainda com a volta de Marquinhos Gabriel e Giovanni Augusto, após ambos cumprirem suspensão contra o Internacional.

Em baixa no Corinthians e sendo reserva com Oswaldo, Marlone chegou a ser especulado no Sport, mas as conversas não foram adiante. O jogador, inclusive, deu entrevistas assegurando que não tinha qualquer intenção em deixar o clube.