Oswaldo muda radicalmente o Corinthians para duelo com o Internacional

Marlone e Cristian ganham nova chance, enquanto Uendel deve ser deslocado da lateral-esquerda para o meio-campo

por Agência Estado

São Paulo, SP, 21 - Protagonistas de uma das maiores rivalidades interestaduais nos últimos anos, Corinthians e Internacional se enfrentam nesta segunda-feira, às 20h, no Itaquerão, com a missão de tentar salvar um planejamento de muitos erros e poucos acertos em 2016. A diferença entre as equipes está no objetivo: o dono da casa sonha com a classificação para a Libertadores e o outro quer se manter na elite do Campeonato Brasileiro.

O fato é que os dois times fizeram pouco por merecer grandes feitos na temporada. O Corinthians, atual campeão nacional, desmanchou o time, gastou mais de R$ 50 milhões na montagem de um novo elenco, já teve quatro técnicos na temporada (Tite, Cristóvão Borges, Fábio Carille e Oswaldo de Oliveira) e está com salário dos atletas atrasado. Para completar, briga com a construtora de seu estádio, o presidente Roberto de Andrade sofre pressão para deixar o cargo e neste domingo o clube colocou mais uma confusão em sua lista de problemas.

Oswaldo procura encerrar jejum de um mês sem vitórias no Corinthians (Foto: Divulgação / Corinthians)
Oswaldo procura encerrar jejum de um mês sem vitórias no Corinthians (Foto: Divulgação / Corinthians)

Oswaldo de Oliveira, por sua vez, mudou radicalmente a escalação do time. Balbuena e Vilson voltam de suspensão, Marlone e Cristian ganham nova chance e a novidade é a presença do lateral-esquerdo Uendel como meia. Giovanni Augusto, Marquinhos Gabriel e Lucca, todos suspensos, são os desfalques.

SITUAÇÃO INCÔMODA
Corinthians, por sua vez, buscará nesta segunda-feira encerrar um jejum de mais de um mês sem vitórias. Não vence uma partida desde 16 de outubro, quando bateu o agora rebaixado América-MG por 2 a 0, no Itaquerão, pela 31ª rodada do Brasileirão. De lá para cá, o time acumulou três empates (2 a 2 com o Flamengo, 1 a 1 com a Chapecoense e 1 a 1 com o Figueirense) e sofreu uma goleada por 4 a 0 para o São Paulo.

Mesmo fazendo quase tudo errado dentro e fora de campo, o Corinthians permanece, aos trancos e barrancos, vivo na luta pela classificação para a Libertadores. Depois de pegar o Inter nesta segunda-feira, a equipe alvinegra fechará a sua campanha em partidas contra Atlético-PR, no dia 26, no Itaquerão, e Cruzeiro, em 4 de dezembro, no Mineirão.