De olho no G6 do Brasileirão, Corinthians já planeja a pré-temporada nos EUA

Dirigentes do clube falaram sobre os objetivos do Corinthians dentro e fora de campo

por Agência Estado

São Paulo, SP, 23 - Em meio à disputa da reta final do Campeonato Brasileiro, com o time ainda na briga por uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores, o Corinthians já mira os compromissos da pré-temporada de 2017. Um dos assuntos da entrevista coletiva desta quarta-feira foi a Florida Cup, competição que acontecerá em janeiro do ano que vem nos Estados Unidos e contará com a participação corintiana pela terceira vez consecutiva.

Alessandro Nunes, gerente do futebol profissional, e Gustavo Herbetta, superintendente de marketing, falaram sobre os objetivos do Corinthians no torneio, tanto dentro como fora de campo. "Na esfera técnica, é o momento mais importante da equipe, que alinhado às ações e interações do marketing, trabalho no dia a dia, com participação do torcedor, levam a trabalhar em excelência, mostrar ao torcedor que estamos mais próximos", afirmou Alessandro.
Futebol e marketing falam sobre preparação do Corinthians para Florida Cup 2017
Futebol e marketing falam sobre preparação do Corinthians para Florida Cup 2017

Em 2017, a Florida Cup terá duas competições distintas. Em uma, os clubes vão representar os respectivos países, em um formato similar à Copa Davis. A outra será disputada em formato mata-mata, com quartas de final, semifinais e final. É nesta em que o Corinthians vai participar, com estreia marcada contra o River Plate, da Argentina, no dia 15 de janeiro, um domingo, em Orlando.

Mas antes da Florida Cup, o elenco corintiano pensa somente na reta decisiva do Brasileirão. O grupo treinou nesta quarta-feira no CT Joaquim Grava em mais uma parte da preparação para o confronto direto contra o Atlético Paranaense por uma vaga na Libertadores, que acontecerá neste sábado, às 21 horas, no estádio Itaquerão, em São Paulo, pela 37.ª e penúltima rodada.

Sétimo colocado, o Corinthians tem 54 pontos, um a menos do que a equipe paranaense, que está em quinto. Uma vitória leva o clube alvinegro ao G6, a zona de classificação à Libertadores, faltando só mais um jogo para o fim do campeonato.

Sobre reforços, a diretoria do Corinthians não descartou a possibilidade de negociar jogadores ao final da temporada. "Dizer que ninguém vai sair é impossível", afirmou Alessandro Nunes.