Após agredir jogador da base, zagueiro do Corinthians posta vídeo se desculpando

Apesar de parecer um caso superado, Vilson não entrou na lista de relacionados e ainda pode ser multado

por Agência Futebol Interior

São Paulo, SP, 11 (AFI) – Após o incidente no treino do Corinthians no treino desta terça-feira, Vilson publicou um vídeo pedindo desculpas. O zagueiro ficou irritado e deu um soco em Marciel, jogador da base do Timão. Após a agressão, Marciel ficou caído e os jogadores mais experientes do clube tentaram amenizar a situação. Cristian reuniu os dois atletas e tentou descontrair o clima. No fim do treino, os atletas deixaram o local juntos.

"Bom, pessoal, venho através deste vídeo dar um esclarecimento sobre o ocorrido hoje no treino com o Marciel. Dizer que estou muito envergonhado, muito triste com o que aconteceu , isso não é da minha índole, agredir um companheiro ou mesmo um adversário", disse.

"Estou muito envergonhado, quero pedir desculpas ao Marciel, apesar de logo após o ocorrido ter ido nele e pedido desculpas, fiquei pensando vindo para casa no que fazer para pedir desculpas para ele mais uma vez, então, venho através deste vídeo aqui, Marciel, te pedir desculpas", seguiu.

"Independente se a gente não está em um dia legal, não justifica o que eu fiz. A gente tem que manter sempre o foco, a cabeça fria, espero que sirva de lição tanto para mim, quanto para vocês. Pedir desculpas para a diretoria, comissão e todos os corintianos que estão assistindo este vídeo", encerrou.

A agressão foi reprovada pelos companheiros de time e também pelo técnico interino Fábio Carille. "Não aceitamos esse tipo de comportamento e atitude e resolvemos com o atleta. Ninguém esperava por isso porque o Vilson é de índole boa, muito positivo no grupo. Já conversamos com ele. O Vilson estava muito chateado, disse que foi uma situação de momento", disse o técnico.

Carille rejeitou punir o jogador pela agressão no treino. "Não tem outra forma de punição no momento. Muitas vezes uma conversa é pior que um tapa ou tirar dinheiro, essa é minha forma de pensar. Eu não esperava isso dele. Conversei, ele está chateado, pediu desculpas para a comissão e para o Marciel. Essas coisas não podemos aceitar", declarou.

FOCO NO CAMPO!
Agora, a equipe precisa recompor seu ânimo para a partida de quarta-feira, na Arena Cuiabá. Com 42 pontos, o clube está na nona colocação no Campeonato Brasileiro e tenta acabar com o jejum de um mês sem vitórias.

Apesar de parecer um caso superado, Vilson não entrou na lista de relacionados para a partida e pode ser multado - Foto: Agência Corinthians
Apesar de parecer um caso superado, Vilson não entrou na lista de relacionados para a partida e pode ser multado
O último triunfo aconteceu em setembro, na partida contra o Sport, quando a equipe paulista ganhou por 3 a 0. O time luta por uma vaga no G6, que está a três pontos de distância nesse momento, para disputar a próxima edição da Copa Libertadores.

O time de Fábio Carille já conta com algumas mudanças. Yago está com uma lesão na coxa esquerda e deve ser substituído por Pedro Henrique. Uendel deve voltar a titularidade no lugar de Guilherme Arana, e o centroavante Gustavo permanece no departamento médico. Outro problema pode ser Marquinhos Gabriel, que treinou na área interna do CT e gera dúvidas.

Após o treino, Vilson não foi incluído na lista de relacionados para o jogo desta quarta. Mas isso não se deve à agressão. O zagueiro está voltando de lesão e ainda está sem ritmo de jogo. Carille relacionou os zagueiros Pedro Henrique, Balbuena e Léo Santos.

O treinador interino deve escalar o Corinthians nesta quarta com: Walter, Léo Príncipe, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Camacho; Marquinhos Gabriel, Rodriguinho, Giovanni Augusto e Marlone; Guilherme.

Confira abaixo a lista de relacionados do Corinthians:

Goleiros: Walter e Matheus Vidotto;

Zagueiros: Pedro Henrique, Balbuena e Léo Santos;

Laterais: Léo Príncipe, Uendel e Guilherme Arana;

Volantes: Camacho, Willians, Cristian, Marciel e Warian;

Meias: Marlone, Guilherme, Giovanni Augusto, Rodriguinho e Marquinhos Gabriel;

Atacantes: Lucca, Rildo, Bruno Paulo e Isaac.