Cruzeiro x Botafogo - Raposa vai administrar vantagem na Copa do Brasil?

Para ficar com a vaga, o Fogão precisa vencer por quatro gols de diferença ou vencer pelo placar de 6 a 3

por Agência Futebol Interior

Belo Horizonte, MG, 20 (AFI) - Após vencer o jogo de ida por 5 a 2, em pleno Estádio Luso-Brasileiro, o Cruzeiro volta a campo nessa quarta-feira para enfrentar mais uma vez o Botafogo, no segundo jogo das oitavas de finais da Copa do Brasil, que vai definir quem avança na competição. Apesar do placar adverso, o time carioca ainda acredita na classificação, até por conta disso a partida que vai acontecer no Estádio do Mineirão, às 21h45 promete ser bastante disputado.

Para ficar com a vaga, o Fogão precisa vencer por quatro gols de diferença - o primeiro resultado por três gols de diferença que dá a classificação para o alvinegro é 6 a 3. Caso termine mais uma vez em 5 a 2, dessa vez com o placar favorável para os cariocas a disputa irá para os pênaltis. Já o Cruzeiro está em uma situação confortável, pois com qualquer vitória ou empate, a Raposa se classifica.

RAPOSA COM MORAL
Mesmo com uma grande vantagem, o técnico Mano Menezes achou melhor fazer mistério no treino desta terça, que encerrou a preparação do Cruzeiro para o novo duelo dessa quarta.Além disso, o comandante ainda tratou de confundir os jornalistas ao misturar titulares e reservas na parte da atividade que foi liberada à imprensa. Havia expectativa de Mano indicar ao menos quais titulares poderia poupar nesta quarta, no Mineirão.

Especula-se que, diante da vantagem no confronto, o técnico poderia preservar o volante Henrique, o meia Robinho e atacante Rafael Sobis ao menos no primeiro tempo, ainda que Mano tenha afirmado no domingo, após o clássico com o Atlético-MG, que não pouparia titulares. Certo mesmo é que Mano não poderá contar com os laterais Ezequiel e Bryan e o goleiro Elisson porque eles já defenderam outras equipes nesta edição da Copa do Brasil. Outra certeza é a possibilidade de contar com o zagueiro Manoel, que cumpriu suspensão no empate com o Atlético.

FOGÃO EM: À ESPERA DE UM MILAGRE
Apesar do resultado adverso e muito dificil de ser mudado, o técnico Jair Ventura deve mandar o Botafogo a campo com uma equipe considerada alternativa. De qualquer forma, o comandante fez mistério sobre a equipe que vai a campo, tanto que apenas o lateral-direito foi confirmado pelo treinador na equipe titular.Com muitos jogadores que não vem sendo utilizados, o técnico tratou de deixar claro que não existe vaga cativa no time.

"É uma oportunidade para eles iniciarem a partida. O jogador sempre quer jogar, mas o treinador não pode colocar todo mundo. Eu preciso daquela "dúvida gostosa", que eles entrem, façam um grande jogo e eu tenha que procurar um espaço para eles no time. Essa competitividade interna é muito sadia. A gente não sabe quando as chances vão surgir e isso já aconteceu diversar vezes em nosso elenco", disse Jair em entrevista coletiva após o treino.

Ficha Técnica

Fase
Oitavas de Final
Rodada
2ª rodada
Data
21/09/2016
Horário
21h45
Local
Mineirão - Belo Horizonte (MG)
Árbitro
Marcelo Aparecido R de Souza (SP)

Renda
R$ 176.106
Assistentes
Fabiano da Silva Ramires (ES) e Herman Brumel Vani (SP)

Público
10.604 pessoas
Cartões Amarelos
Botafogo-RJ: Emerson Silva, Leandrinho, Gervasio Nuñez

Gols
Cruzeiro-MG: Bruno Rodrigo 36' 1T
Cruzeiro-MG
Rafael;
Lucas, Manoel, Bruno Rodrigo e Edimar;
Henrique, Ariel Cabral (Denílson), Arrascaeta e Élber (Alisson);
Rafinha e Ábila (Willian).
Técnico: Mano Menezes
Botafogo-RJ
Helton Leite;
Diego, Renan Fonseca, Emerson Silva e Victor Luís;
Bruno Silva, Rodrigo Lindoso (Vinícius Tanque), Dierson e Leandrinho;
Salgueiro (Gervasio Núñez) e Luís Henrique (Rodrigo Pimpão).
Técnico: Jair Ventura