CBF define cotas da Copa do Brasil 2012 e Ponte ganhará mais que Bugre

Os 64 participantes foram separados em grupos, que irão receber quantias diferenciadas

por Agência Futebol Interior

Rio de Janeiro, RJ, 12 (AFI) – A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) definiu os valores das cotas de participação dos clubes na Copa do Brasil 2012. Divididos em três grupos, os 64 integrantes irão receber quantias diferenciadas nas primeira e segunda fases. A partir das oitavas-de-final a cota passa a ser igual a todos.

Vasco foi o grande campeão em 2011

Para estipular a verba para os particpantes, a CBF estipulou dois critérios. Primeiro, se o clube está entre os dez primeiros do Ranking Nacional de Clubes da CBF. Depois, se o time disputa a elite nacional. Quem não se enquadrar nestes dois critérios fará parte de um terceiro grupo, que receberá o piso das cotas.

Vai ganhar quanto?
Os times do Grupo I, que estão entre os dez primeiros no Ranking, receberão R$ 250 mil na 1ª Fase e mais R$ 250 mil se passarem à 2ª Fase. Atlético-MG, Cruzeiro, Grêmio, São Paulo e Palmeiras são os clubes que se enquadram nesta situação.

O Grupo II é formado pelos times que disputarão o Brasileirão em 2012 e não estão entre os dez primeiros do Ranking. São os casos de Atlético-GO, Bahia, Botafogo, Coritiba, Náutico, Ponte Preta, Portuguesa e Sport. Estas equipes receberão R$ 220 mil na 1ª fase e a mesma quantia se passarem à 2ª fase.

Por fim, o Grupo III terá os 51 clubes restantes; inclusive alguns bem tradicionais como Atlético-PR, Goiás, Guarani e Santa Cruz. Os integrantes deste grupo terão direito a apenas R$ 120 mil na 1ª Fase. Caso se classifiquem, terão direito a mais R$ 120 mil na 2ª Fase.

Campeão e rindo à toa!
A partir das oitavas-de-final (3ª Fase), as cotas passam a ser iguais para todos os classificados. Nesta etapa, cada clube receberá R$ 300 mil. Nas quartas-de-final, o valor subirá para R$ 400 mil e, nas semifinais, as cifras serão de R$ 500 mil para os quatro classificados.

O grande campeão da Copa do Brasil 2012 terá uma premiação de R$ 2,5 milhões. O vice-campeão, apesar de não levantar a taça e nem conquistar a vaga na Copa Libertadores de 2013, terá o consolo de engordar a conta bancária em 1,5 milhão em prêmio.

Com isso, somando todas as fases, um integrante do Grupo I poderá ganhar um total de R$ 4,2 milhões se for campeão. Se o vencedor sair do Grupo II, levará a bolada de 4,14 milhões. Já se for do Grupo III, ganhará R$ 3,94 milhões.

Confira os grupos que definiram as cotas da Copa do Brasil:

Grupo I
Atlético-MG, Cruzeiro-MG, Grêmio-RS, São Paulo-SP e Palmeiras-SP

Grupo II
Atlético-GO, Bahia, Botafogo, Coritiba, Náutico, Ponte Preta, Portuguesa e Sport

Grupo III
04 de Julho-PI, ABC-RN, ASA-AL, América-MG, América-RN, Aquidauanense-MS, Coruripe-AL, Chapecoense-SC, Bahia de Feira-BA, Real-RR, Auto Esporte-PB, Boavista-RJ, Brasiliense-DF, Ceará-CE, São Mateus-ES, Atlético-PR, Remo-PA, CENE-MS, Comercial-PI, Criciúma-SC, Cuiabá-MT, Espigão-RO, Juventude-RS, Vitória-BA, Fortaleza-CE, Goiás-GO, Sapucaiense-RS, Guarani-SP, Gurupi-TO, Horizonte-CE, Independente-PA, Ipatinga-MG, Luverdense-MT, Madureira-RJ, Nacional-AM, Operário-PR, Paraná Clube-PR, Paulista-SP, Paysandu-PA, Penarol-AM, Real Noroeste-ES, Rio Branco-AC, Sampaio Corrêa-MA, Santa Cruz-PE, Santa Quitéria-MA, São Domingos-SE, Gama-DF, River Plate-SE, Santa Cruz-RN, Trem e Treze-PB.