Mirassol 3 x 3 Catanduvense - Chuva de gols garante ambos os clubes na segunda fase

O confronto mais uma vez parte da promoção Futebol Sustentável, uma iniciativa da Federação Paulista de Futebol

por Oscar Silva -

Mirassol, SP, 18 (AFI) - No encerramento da primeira fase da Copa Paulista, Grupo 1, Mirassol e Catanduvense fizeram um clássico eletrizante com seis gols. Jogando na manhã deste domingo, em Mirassol, no estádio José Maria de Campos Maia, o Maião, Leão da Araraquarense e o Bruxo, ficaram no empate por 3 a 3.

O confronto mais uma vez parte da promoção Futebol Sustentável, uma iniciativa da Federação Paulista de Futebol, administrada pelo presidente Reinaldo Carneiro Bastos, idealizado pelo empresário Edivaldo Ferraz, da empresa E&L Marketing Esportivo. Júlio Alves, duas vezes e Gabriel Justino, fizeram para o time mirassolense. Danilo, duas vezes e Marcelo Vilela, marcaram para os visitantes.

Com o empate, tanto o Mirassol como o Catanduvense passaram para a segunda fase da Copinha. O Mirassol, terminou na terceira colocação com treze pontos ganhos, enquanto o Cata nduvense, ficou na quarta posição com 10 pontos na tabela.

NA FRENTE
Assim qua o árbitro apitou o início do jogo os dois times entraram em campo a mil por hora. Logo aos 2 minutos por pouco não foi aberto o marcador em favor do time da casa. O lateral mirassolense Alex Reinaldo, saiu na cara do gol e tocou com precisão para uma grande defesa do arqueiro catanduvensE.

Com o empate, tanto o Mirassol como o Catanduvense passaram para a segunda fase da Copinha - Facebook/@MiraFC
Com o empate, tanto o Mirassol como o Catanduvense passaram para a segunda fase da Copinha

Aos 15, os visitantes deram o troco e inaugurou o placar. O ala Marcelo Vilela, cobrou falta pelo setor esquerdo e a bola passou por toda a extensão da área e entrou 1 a 0. Aos 27 minutos, quase o segundo gol do Bruxo. Fabinho, de fora da área arriscou e a bola passou rente ao travessão num verdadeiro perigo.

Melhor em campo, o Catanduvense chegou ao segundo tento. Aos 31, após cruzamento da direita o zagueiro Danilo, apareceu de surpresa tocando de cabeça para o gol. No último lance da primeira etapa o time da casa descontou com o atacante Gabriel Justino, que aproveitou o vacilo da defesa e tocou na saída do goleiro Daniel.

TUDO IGUAL E CLASSIFICADOS
No segundo tempo as duas equipes voltaram ainda mais aceso na partida e aconteceram mais três gols para delírio do bom público presente no Maião. Aos seis minutos, outra vez apareceu de surpresa o zagueiro Danilo, de cabeça para aumentar para os visitantes, 3 a 1. O cruzamento partiu da direita. Sete minutos depois, quase o Mirassol diminuiu.

O zagueiro Matheus Piauí, apareceu de surpresa e dentro da pequena área cabeceou rente a trave. O arqueiro catanduvense tirou a bola com os olhos. Atrás do placar, o técnico mirassolense fez três alterações e deu efeito. O mais feliz foi o atacante Júlio Alves, que entrou e deixou a sua marca duas vezes deixando tudo igual 3 a 3.

PRÓXIMA FASE
Na outra fase da Copinha, o Mirassol vai encarar pela frente o São Paulo, São Caetao e Rio Claro. Já o Catanbduvense terá como adversários as equipes do Santos, Bragantino e Ferroviária. Os dois primeiros colocados de cada grupo avançam na sequência do torneio.

Ficha Técnica

Fase
Primeira Fase
Rodada
14ª rodada
Data
18/09/2016
Horário
10h00
Local
José Maria de Campos Maia - Mirassol (SP)
Árbitro
Alessandro Darcie

Renda
R$ 9.200,00
Assistentes
Mauro André de Freitas e Thiago Henrique Almeida Alborghetti

Público
1.680
Cartões Amarelos
Catanduvense: Renan

Gols
Mirassol: Gabriel Justino 43' 1T, Júlio Alves 41' 2T, Júlio Alves 48' 2T
Catanduvense: Marcelo Vilella 15' 1T, Danilo 31' 1T, Danilo 6' 2T
Mirassol
Cairo;
Alex Reinaldo, Matheus Gabriel, Hélio Monteiro e Fábio Lima (Paulo Fernando);
Nildo, Luís Oyama (Júlio Alves), Deco (Ícaro) e Matheus Gabriel;
Gabriel Souza e Gabriel Justino.
Técnico: Raul Cabral
Catanduvense
Daniel;
Alex Silva, Luciano, Danilo e Marcelo Vilela;
Tabarana, Théo Santos, Léo Ribeiro (Talles) e Fabinho;
Renan Morales (Geovane) e Leandro Love (Luís Henrique)
Técnico: Sérgio Caetano