Copa Paulista: De olho em reforços, Dias prêve segunda fase do Comercial mais difícil

Um dos nomes ventilados pela diretoria do Bafo é o atacante Tito, que foi campeão da Série A3 com o Sertãozinho

por Agência Futebol Interior

Ribeirão Preto, SP, 15 (AFI) - De folga nessa última rodada da fase de grupos da Copa Paulista, o Comercial está de olho para saber quais serão os seus próximos adversários na sequência da competição estadual. Com apenas o Nacional definido, o Bafo aguarda para descobrir quais serão os dois outros times que formarão o grupo 7. XV de Piracicaba ou RB Brasil e Mirassol ou Votuporanguense disputam essas vagas.

Na visão do técnico Marcelo Dias, o Leão terá uma dificuldade maior na segunda fase do que foi encontrado na primeira, independente dos times que irá enfrentar. Nessa primeira fase, os eliminados Independente, Batatais e Matonense não fizerem frente aos times do G-4. Juntos, eles somaram apenas dois pontos em 23 jogos contra os outros quatro times da chave.

Dentro do G4 do Grupo 2 da Copa Paulista, o Bafo conquistou seis pontos, com dois empates diante de Ferroviária, uma vitória e um empate contra São Carlos e duas derrotas frente ao Rio Claro. O técnico Marcelo Dias já manifestou a intenção em contar com reforços para a sequência da Copinha, mas ressaltou que o elenco evoluiu nos jogos em que foi mais exigido.

DE OLHO NO MERCADO
Com o presidente do Bafô, Breno Spinelli, tendo definido as condições para reforçar o elenco, o atacante Tito, que foi campeão da Série A3 do Campeonato Paulista deste ano pelo Sertãozinho, entrou na mira do clube. Segundo o jogador, uma pessoa ligada ao Bafo teria entrado em contato com ele.

O mandatário não descartou o acerto com o atacante, mas também não confirmou o contato do clube com o jogador. Na atual temporada, Tito anotou nove gols em 24 jogos com a camisa do Sertãozinho. Já no segundo semestre, o atacante vestiu a camisa da Caldense, na Série D do Brasileiro, com dois gols em sete jogos.