Vice-presidente da Chape lamenta tragédia e destaca carinho que clube vinha recebendo

Ivan Tozzo comentou o fato da equipe catarinense ter conquistado o Brasil: 'Parece que é o segundo time de todos'

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 29 (AFI) – Vice-presidente da Chapecoense, Ivan Tozzo declarou que decidiu em cima da hora não embarcar com o restante da delegação que rumava a Medellín, na Colômbia, para a primeira partida da final da Copa Sul-Americana. Abalado com o ocorrido, o dirigente relembra o carinho que o clube vinha recebendo de todo o país.

As cores do símbolo do clube no perfil do Facebook foram alteradas em sinal de luto
As cores do símbolo do clube no perfil do Facebook foram alteradas em sinal de luto
“Hoje todo mundo fala da Chapecoense. Parece que é o segundo time de todos. O clube é a maior alegria da cidade e da região. Estou aqui no centro do gramado, as pessoas estão chegando às arquibancadas, as esposas estão nos vestiários, todo mundo chorando, triste. Jamais esperávamos uma tragédias dessa”, enfatizou.

Ivan ainda lamentou o fato da maioria das vitimas ter deixado filhos pequenos, o que aumenta o tom de tristeza que toma conta de todos.

“Nossos companheiros, atletas, quase todos tem crianças pequenas em casa. É muito difícil. Deus sabe o que faz e temos que torcer para que possamos rever novamente os jogadores que estão no hospital”, completou.