Final contra Atlético Nacional não garante Chapecoense na Libertadores

O clube colombiano enfrenta o Cerro Porteño nesta quinta-feira por uma vaga na decisão

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 24 (AFI) - A vaga conquistada na final da Copa Sul-Americana, na última quarta-feira, ao passar pelo San Lorenzo, ainda não garante a Chapecoense na Libertadores. Como o Atlético Nacional, atual campeão do torneio, já garantiu seu lugar, acreditava-se que o time brasileiro poderia herdar uma vaga se caso fosse derrotado. Claro, isso se a equipe colombiana eliminar o Cerro Porteño nesta quinta-feira.

Um adendo no regulamento, porém, prevê que: caso o campeão já esteja classificado para a Libertadores, assumirá o seu lugar o melhor colocado no torneio nacional. Ou seja, algum clube do futebol colombiano, fazendo com que a Chapecoense só garanta uma vaga em caso do título, independente do adversário.

Chapecoense está na decisão da Sul-Americana
Chapecoense está na decisão da Sul-Americana
"O último campeão da Sul-Americana será inscrito pela associação nacional a que corresponda e jogará como último classificado do país correspondente. No caso de esta equipe já estar classificada por méritos próprios ao torneio, sua vaga será utilizada por sua associação nacional", está especificado no item 2.4.

Além da Sul-Americana, a Chapecoense pode conquistar uma vaga na Libertadores via Brasileirão. O Verdão é o nono colocado com 52 pontos, a três do Botafogo, quinto, só que seu próximo adversário é o Palmeiras, no Allianz Parque. Uma vitória animaria ainda mais o time nesta reta final.

A Chape conhecerá seu adversário nesta quinta-feira, quando Atlético Nacional e Cerro Porteño se enfrentam às 22h45, no Atanasio Girardot. No primeiro jogo, ficaram no empate por 1 a 1.