Carioca: Ferj chama clubes do Rio para reunião sobre futuro do Maracanã

Um impasse envolvendo a administração do Maracanã vem deixando o estádio sem jogos e em estado de abandono

por Agência Estado

Rio de Janeiro, RJ, 09 - A Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) anunciou nesta segunda-feira que convocou os times que jogam na elite do Campeonato Carioca para uma reunião na próxima semana, em 17 de janeiro, com o desejo de discutir o futuro do estádio do Maracanã, para que ele possa ser utilizado mais vezes em 2017.

"Diante das recentes e preocupantes notícias sobre o estado do Maracanã, a Federação de Futebol do Rio de Janeiro crê que, num movimento de união entre os clubes, é preciso agir para reabrir e devolver o templo do futebol carioca e mundial ao seu verdadeiro proprietário: o torcedor", afirmou a Ferj através de comunicado oficial.

Um impasse envolvendo a administração do Maracanã vem deixando o estádio sem jogos e em estado de abandono, pois o consórcio, liderado pela Odebrecht, que venceu licitação para administrá-lo quer devolvê-lo ao Estado do Rio de Janeiro, que não pretende assumir a administração.

Assim, a ideia de Ferj, presidida por Rubens Lopes, é buscar soluções para que o estádio volte a ser palco usual das partidas dos principais times do Rio para que não se repita o que ocorreu no ano passado, quando apenas os dois jogos da decisão do Campeonato Carioca foram disputadas no estádio, que passava por obras para utilização no Rio-2016.

Após a Olimpíada e a Paralimpíada, o Maracanã recebeu sete partidas oficiais, todas elas na reta final da temporada 2016, sendo quatro do Flamengo, duas do Fluminense e uma do Vasco.