Ronaldinho Gáucho pode defender rival da Chapecoense na Libertadores

O presidente do Nacional-URU, José Luis Rodríguez, confirmou reuniões para contratar o brazuca

por Agência Futebol Interior

Chapecó, SC, 09 (AFI) – Cogitado como possível reforço da Chapecoense, após a tragédia envolvendo o avião da Lamia, o meia Ronaldinho Gaúcho voltou a ser especulado em outro clube. Curiosamente, se o negócio concretizar-se, o craque brasileiro pode ser adversário da Chape. O Nacional-URU, que está no mesmo grupo dos catarinenses na Libertadores, trabalham para tentar contratar o brazuca.

O presidente do clube uruguaio, José Luis Rodríguez, confirmou ao site de seu país Futbol.com.uy que realiza reuniões para viabilizar o negócio há 20 dias. Além dos dirigentes do Tricolor, também participaram dos encontros o empresário uruguaio Flavio Perchmann, intermediador do negócio, e o irmão e empresário de R10, Roberto Assis.

“Estamos vendo se existe alguma possibilidade com novos patrocinadores e várias outras circunstâncias. Eu vejo como algo muito distante. Falamos de alguém que há pouco tempo foi o melhor jogador do mundo e que há três anos foi campeão da Copa Libertadores (em 2013 pelo Atlético-MG. Seria um patrocinador estrangeiro, mas não temos que nos iludir com essas coisas. Lamentamos que tenha vazado na imprensa. É algo que viemos conduzindo há 20 dias. Mas é muito distante”, afirmou Rodríguez, pouco otimista.

Ronaldinho Gaúcho vai mandar um
Ronaldinho Gaúcho vai mandar um "mim acher" para o Nacional?
Ronaldinho Gaúcho está afastado dos gramados desde setembro de 2015, quando jogou pelo Fluminense pelo Brasileirão. Desde então, tem ganhado a vida participando de eventos ligados clubes de futebol e amistosos festivos, por clubes como Barcelona de Guayaquil-EQU e América-MEX.

Atual campeão uruguaio, o Nacional está no Grupo 7 da Libertadores da América de 2017. O mesmo grupo da Chapecoense, campeã da Sul-Americana de 2016. Além dos dois clubes, também participarão da chave o Lanús-ARG e Zulia-VEN.