São Bento x CSA - Agora em casa, Bentão segue acreditando em reação

Após a derrota por 2 a 0 na ida, o time de Sorocaba precisará vencer por três gols para chegar à final da Série D

por Agência Futebol Interior

Sorocaba, SP, 16 (AFI) - O São Bento vai em busca da reação contra o CSA para chegar à decisão do Campeonato Brasileiro da Série D. Após perder a partida de ida por 2 a 0, o time paulista precisará marcar pelo menos dois gols no jogo de volta da semifinal, que acontecerá no próximo domingo, às 16h, no Estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba. O duelo será transmitido pela TV da Federação Paulista de Futebol (FPF).

Para se classificar direto, o São Bento precisará vencer por três gols de diferença. Caso o São Bento vença por 2 a 0, a partida será decidida nos pênaltis. Se o São Bento vencer por dois gols de vantagem, mas o CSA fizer pelo menos um gol fora de casa, o time alagoano é quem se classificará. O vencedor do confronto enfrentará o vencedor de Volta Redonda e Moto Club na final. O time de melhor campanha geral até aqui decidirá o título em seu estádio.

Elenco do Bentão mantém o otimismo (Foto: José Jesus Vicente)
Elenco do Bentão mantém o otimismo (Foto: José Jesus Vicente)

Melhor defesa do campeonato, o São Bento havia sofrido apenas dois gols em toda a Série D até enfrentar o CSA em Alagoas pela semifinal. Embalado mais uma vez pela sua torcida, que tem a melhor média de público do campeonato, 8.737 pagantes por jogo, o CSA conseguiu abrir a boa vantagem de dois gols.

Com a vitória na última rodada, o CSA passou a ter a melhor campanha entre os quatro times que seguem na Série D. Em 13 jogos, o time alagoano venceu nove, empatou dois e perdeu dois. O CSA marcou 26 gols e sofreu dez. A campanha do São Bento é a terceira melhor. Foram oito vitórias, três empates e duas derrotas para os paulistas em 13 jogos disputados. O São Bento marcou 14 gols e sofreu quatro.

MISTÉRIO, MAS...
O técnico Paulo Roberto Santos optou pelo mistério no São Bento e não divulgou a escalação que colocará em campo. Mas deverá manter a base que jogou em Maceió, exigindo porém uma outra postura em campo.

O meia Maicon Souza está fora pelo terceiro cartão amarelo. Felipe Recife e Diego Barboza estão entre as opções. Pode voltar ao time o atacante Anderson Cavalo, que desfalcou o Azulão no Nordeste, cumprindo suspensão pelo terceiro amarelo.

Paulo Roberto afirma que o time precisa ter a cabeça no lugar para o jogo de volta. “O certo é que temos de buscar o gols de uma forma organizada e inteligente. Jogar sem se afobar sem ir com muita sede ao pote e sem dar a eles o contra-ataque. Primeiro temos de vencer o jogo, fazer o primeiro gol, sem pressa, sem desorganizar. O time está consciente confiante, que temos condições de reverter, embora eles tenham um elenco qualificado”, disse o treinador paulista.

Após vencer diante de sua torcida, CSA tenta triunfo fora
Após vencer diante de sua torcida, CSA tenta triunfo fora

CSA COM DÚVIDAS
Além de não contar com o volante Panda, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o técnico Oliveira Canindé perdeu o artilheiro do time, Clayton, que foi negociado com o Paysandu. O meia-atacante Kelvin foi expulso no último domingo e também não joga.

As principais dúvidas do treinador são no meio-campo. Everton Heleno e Eliseu disputam a vaga de Panda no meio. Já Katê e Jeferson Maranhense brigam pelo lugar de Cleyton, mas existe a possibilidade de o treinador deslocar Obina e Marcelo Nicácio atuar.

Há também uma dúvida na lateral esquerda, já que Rafinha se recuperou de lesão, mas Rayro havia assumido bem a vaga na época em que Rafinha ficou lesionado.

Ficha Técnica

Fase
Semifinal
Rodada
2ª rodada
Data
18/09/2016
Horário
16h00
Local
Walter Ribeiro - Sorocaba (SP)
Árbitro
Rodolpho Toski Marques

Renda
R$ 68.035,00
Assistentes
Daniel Cotrim de Carvalho e Jefferson Cleiton Piva da Silva

Público
4.141 presentes
Cartões Amarelos
São Bento-SP: Zambi, Edu Pina, Lucas Mendes, Guilherme Garré
CSA-AL: Éverton heleno, Didira, Denilson, Leandro Cardoso

Cartões Vermelhos
CSA-AL: Denilson
Gols
São Bento-SP: Magrão 46' 2T
São Bento-SP
Rodrigo Viana;
Lucas Mendes, Rafael Tavares, Daniel Gigante e Edu Pina;
Fabio Bahia (Diego Barbosa), Mateus, Tiago Tremonti (Garré) e Giovanni; Magrão e Zambi (Anderson Cavalo).
Técnico: Paulo Roberto Santos
CSA-AL
Jeferson (Pantera);
Denilson, Leandro Souza, Leandro Cardoso e Rayro;
Everton Heleno, Marcos Antônio, Jeferson Maranhão, Bismarck (Eliseu) e Didira (Azul);
Jônatas Obina.
Técnico: Oliveira Canindé