Mogi Mirim x Juventude - Ju quer aproveitar crise do Sapo para se classificar!

O time gaúcho é o quinto colocado do Grupo B, com os mesmo 27 pontos que o Ypiranga, último time dentro da zona de classificação

por Agência Futebol Interior

Mogi Mirim, SP, 16 (AFI) - Neste domingo, o Juventude terá sua última chance de manter o sonho do acesso à Série B vivo. No Vail Chaves, o Alviverde tem encontro marcado com o Mogi Mirim, às 16 horas, em jogo válido pela última rodada da fase classificatória da Série C do Campeonato Brasileiro.

O time gaúcho é o quinto colocado do Grupo B, com os mesmo 27 pontos que o Ypiranga, último time dentro da zona de classificação, na quarta colocação. Para conseguir a classificação para as quartas de final, o Ju precisa vencer e ainda torcer por um tropeço do Canarinho. O Mogi Mirim, por sua vez, entra em campo sem chances de classificação e sem risco de rebaixamento.

No primeiro turno, os dois times se encontraram no Alfredo Jaconi e o Juventude levou a melhor com uma vitória por 2 a 1, em jogo válido pela nona rodada.

CLIMA PESADO
O Mogi Mirim vai apenas cumprir tabela diante do Juventude e os jogadores encontram um cenário desmotivador na despedida. A diretoria não honrou com a palavra e os salários do elenco seguem três meses atrasados. A atitude acabou irritando ainda mais os jogadores e deixando o clima bastante pesado no Vail Chaves.No acordo, o clube tinha que pagar o de junho na última terça-feira, de julho na sexta e de agosto e setembro até o fim desse mês.

No primeiro turno, o Juventude venceu o Mogi por 2 a 1. (Foto: Arthur Dallegrave / EC Juventude)
No primeiro turno, o Juventude venceu o Mogi por 2 a 1. (Foto: Arthur Dallegrave / EC Juventude)

Mesmos com os salários atrasados, os jogadores trabalham com o objetivo de se despedirem da Série C com um resultado positivo neste domingo, contra o Juventude, às 16 horas, no Vail Chaves, pela última rodada do Grupo B. Esse é pensamento do técnico Mário Júnior, que faz sua segunda partida no comando do Sapão da Mogiana.

"Vamos tentar organizar para cumprir bem o jogo de domingo e terminar com bom resultado. O clube tem uma história e os jogadores estão criando a história deles. Tem que entender que, no futebol, todo dia tem que provar", afirmou Mário Júnior.

Para o jogo, o treinador não vai contar com o atacante Diego Clementino, suspenso pelo terceiro cartão amarelo na derrota por 1 a 0 para o Guarani, na rodada passada. Keké ou Erick Foca devem ficar com a vaga disponível no setor ofensivo.

ÚLTIMA CARTADA
O técnico Antônio Carlos Zago não poderá contar com o zagueiro Anderson Marques para o confronto decisivo diante do Mogi Mirim. O defensor ficara parado por fez dias por conta de uma lesão no músculo anterior da coxa. Klaus, que cumpriu suspensão automática na últiam rodada, faz dupla defensiva com Ruan.

E não para por aí. O treinador também poderá contar com Bruninho, que assume sua posição de titular pelo lado direito de campo. Outro que deve aparecer entre os 11 é o artilheiro Roberson, recuperado de lesão. Já Vidal, também liberado pelo DM, ficará como opção no banco de reservas.

Confiante na classificação para as quartas de final, o experiente volante Wanderson aposta na força do grupo, mesmo com o Ju dependendo de um tropeço do Ypiranga para conseguir se classificar.

“Não é de hoje que nossa equipe vem mostrando seu potencial. Fomos vice-campeões do estadual e nesta Série C perdemos apenas quatro jogos em 17 disputados. Confio muito em meus companheiros e na comissão técnica, podem ter certeza que vamos lutar até o fim para conseguir essa vaga, é tudo que mais queremos”, ressaltou o jogador.

Ficha Técnica

Fase
1ª Fase
Rodada
18ª rodada
Data
18/09/2016
Horário
16h00
Local
Estádio Vail Chaves - Mogi Mirim (SP)
Árbitro
Andrey da Silva E Silva - PA

Assistentes
Heronildo S Freitas da Silva - PA e Jose Ricardo Guimaraes Coimbra - PA

Cartões Amarelos
Mogi Mirim-SP: Bruno Ré, Edvan
Juventude-RS: Vacaria, Klaus, Wanderson

Gols
Mogi Mirim-SP: Keké 15' 1T
Juventude-RS: Hugo 6' 1T, Hugo 45' 1T
Mogi Mirim-SP
Gustavo;
Edvan, Renato Camilo, Gladstone (Luan) e Bruno Ré;
Café, Alan Mota, Carlinhos (Edmar) e Kaio;
Erick Foca (Jô) e Keké.
Técnico: Mário Júnior
Juventude-RS
Elias;
Neguete, Klaus, Ruan e Pará;
Wanderson (Vacaria), Lucas, Felipe Lima e Wallacer (Bruninho);
Roberson e Hugo (Caion)
Técnico: Antônio Carlos Zago