Paraná 0 x 2 Tupi - Rebaixado, Galo faz Tricolor passar vergonha

Os torcedores presentes na Vila Capanema nesta sexta-feira protestaram contra a má campanha do time

por Agência Futebol Interior

Curitiba, PR, 25 (AFI) - Apesar de ter feito uma campanha para esquecer, tanto que foi rebaixado para a Série C do Campeonato Brasileiro com algumas rodadas de antecedência, o Tupi se despediu da Série B na noite desta sexta-feira com dignidade ao ganhar do Paraná, por 2 a 0, na Vila Capanema. Os pouco mais de 500 tricolores protestaram bastante nas arquibancadas do estádio.

O Tupi encerrou uma sequência de quatro derrotas seguidas e subiu para a 18ª colocação, com 33 pontos, mas pode ser ultrapassado pelo Bragantino no complemento da rodada. Já o Paraná estacionou nos 41 e vai terminar a Série B em 15º lugar. A reformulação no elenco tricolor promete ser grande para a próxima temporada.

O JOGO
Logo aos cinco minutos, a zaga do Paraná não conseguiu afastar cruzamento rasteiro e a bola caiu nos pés de Marcos Serrato, que finalizou rasteiro rente a trave de Hugo. A resposta tricolor veio em cobrança de falta do meia Nadson por cima do travessão. O duelo era bastante concentrado no meio-campo, com muitos passes errados e poucas chances de gol.

Tupi levou a melhor sobre o Paraná e se despediu da Série B com vitória
Tupi levou a melhor sobre o Paraná e se despediu da Série B com vitória

Aos 36, Marcos Serrato cobrou falta para dentro da área, Rodrigo Lobão subiu e só não conseguiu desviar porque Pitty tirou a bola com a mão. Os jogadores do Tupi reclamaram de um pênalti não marcado e o volante Renan Teixeira ainda foi amarelado. Nos acréscimos, Luiz Paulo cruzou e Sávio cabeceou para defesa segura de Hugo.

No segundo tempo, o Tupi por muito pouco não abriu o placar aos 14 minutos. Sávio aproveitou cruzamento vindo da direita e cabeceou no travessão de Hugo, que já estava batido no lance. Melhor em campo, o time mineiro marcou aos 26. Henrique cobrou escanteio e Rodrigo Lobão subiu livre, cabeando no canto do goleiro tricolor.

O Paraná foi em busca do empate, mas quase levou o segundo em finalização para fora de Henrique. Os poucos torcedores presentes na Vila Capanema aproveitaram os minutos finais para protestarem contra a diretoria. Inclusive uma faixa foi estendida na arquibancada com os dizeres: "nenhuma vitória vai apagar a humilhação que estão nos fazendo passar. 1ª divisão já".

E o Tupi liquidou a partida aos 38 minutos. Vinícius Kiss desceu em velocidade e passou para Marcos Serrato, que dominou e tocou com categoria na saída de Hugo. O vexame do Paraná poderia ser ainda maior se Raphel Augusto não finalizasse na trave já nos acréscimos.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
38ª rodada
Data
25/11/2016
Horário
19h15
Local
Vila Capanema - Curitiba (PR)
Árbitro
Andrey da Silva E Silva - PA

Renda
598 pagantes
Assistentes
Heronildo S Freitas da Silva e Leila Naiara Moreira da Cruz - DF

Público
R$ 7.210,00
Cartões Amarelos
Tupi-MG: Bruno Costa, Renan Teixeira

Gols
Tupi-MG: Rodrigo Lobão 26' 2T, Marcos Serrato 38' 2T
Paraná-PR
Hugo;
Diego Tavares (Gabriel Pires), Pitty, Wellington Reis e Fernandes;
Jhony (Gabriel Furtado), Leandro Vilela, Lucas Taylor, Alesson e Nádson;
Rafael Furtado (Yan Philippe).
Técnico: Fernando Miguel
Tupi-MG
Glayson;
Henrique, Rodrigo Lobão, Bruno Costa e Luiz Paulo;
Marcel, Renan Teixeira, Recife (Vinícius Kiss) e Marcos Serrato (Raphael Augusto);
Sávio e Rubens (Giancarlo).
Técnico: Júlio Cirico