Londrina 1 x 1 Luverdense – Diferença para G4 aumentou!

O Tubarão tinha como objetivo conquistar todas as vitórias em casa até o final da Série B

por Agência Futebol Interior

Londrina, PR, 15 (AFI) - O Londrina tinha como objetivo ter 100% de aproveitamento atuando em casa nesta reta final de Série B para conquistar o acesso à elite do Campeonato Brasileiro. Mas isso já não será mais possível. Na noite deste sábado, o time paranaense empatou com o Luverdense, por 1 a 1, no Estádio do Café, pela 31ª rodada.

Apesar do resultado ter um gosto de vitória, já que Alisson Safira marcou aos 48 minutos do segundo tempo, o Londrina viu a diferença para o G4 aumentar. Com 49 pontos e na sexta colocação, os comandados de Cláudio Tencatti têm dois a menos que o Avaí. Já o Luverdense segue em situação tranquila, na 12ª colocação, com 43 pontos.

MUITAS CHANCES, MAS SEM GOLS

A partida começou a todo vapor no Estádio do Café e os dois times criaram boas chances antes mesmo dos cinco minutos. Keirrison recebeu na entrada da área, cortou um adversário e finalizou para boa defesa de Diogo Silva. A resposta do Luverdense veio com Jean Patrick, que soltou a bomba em cobrança de falta e Marcelo Rangel espalmou com as pontas dos dedos.

Cheio de alternativas, o duelo era lá e cá. Aos 18, Sérgio Mota arriscou de longe e o goleiro do Londrina mais uma vez mandou pela linha de fundo. O Londrina tinha mais posse de bola e levou perigo com Zé Rafael, que recebeu passe de cabeça do volante Germano e chutou em cima do zagueiro adversário. A bola, porém, tinha endereço certo.

O goleiro Marcelo Rangel aceitou o chute de Alan Patrick, que abriu o placar para o Luverdense
O goleiro Marcelo Rangel aceitou o chute de Alan Patrick, que abriu o placar para o Luverdense

Aos 38, Rondinelly cruzou e Jô, livre de marcação, desperdiçou uma chance incrível ao furar a bola. Era ele e o gol. Na sequência, Léo chutou forte de fora da área, Diogo Silva espalmou e viu a bola acertar a trave. No último lance de perigo, Marcos cabeceou após cobrança de escanteio rente a trave do goleiro.

QUANTA EMOÇÃO

O Londrina voltou para o segundo tempo querendo marcar logo no início, mas não esperava encontrar Diogo Silva pela frente. Aos quatro, Zé Rafael recebeu de Léo e soltou a bomba para defesa do goleiro, que voltaria a salvar o Luverdense em cabeceio rasteiro de Keirrison. Na primeira chegada do time mato-grossense ao ataque na etapa final, o placar foi aberto.

Aos 25, Jean Patrick arriscou de longe e contou com uma falha de Marcelo Rangel, que foi tentar espalmar e viu a bola entrar no cantinho. Em busca pelo menos do empate para não ver os primeiros colocados dispararem, o Londrina se lançou todo ao ataque depois de sofrer o gol, mas encontrava muitas dificuldades para escapar da forte marcação do Luverdense.

Não acreditando mais no empate, principalmente por conta do futebol ruim apresentado pelo Londrina, os torcedores começaram a deixar o Estádio do Café a partir dos 40 minutos. E quem ficou viu o gol do Tubarão, aos 48. Itamar desviou de cabeça no meio-campo e Alisson Safira disparou em velocidade, invadindo a área e tocando na saída de Diogo Silva.

PRÓXIMOS JOGOS

O Londrina volta a campo na próxima terça-feira, contra o Brasil de Pelotas, às 21h30, no Estádio Bento de Freitas, em Pelotas. Na sexta, também às 18h30, o Luverdense recebe o Náutico, no Passo das Emas, em Lucas do Rio Verde. Os dois jogos são válidos pela 32ª rodada.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
31ª rodada
Data
15/10/2016
Horário
18h30
Local
Estádio do Café - Londrina (PR)
Árbitro
Francisco Carlos do Nascimento (AL)

Renda
R$ 95.888,00
Assistentes
Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Pedro Jorge Santos de Araújo (AL)

Público
4.664 pagantes
Cartões Amarelos
Londrina-PR: Zé Rafael, Keirrison, Léo
Luverdense-MT: Gabriel Valongo, Luiz Otávio, Sérgio Mota

Gols
Londrina-PR: Alisson Safira 48' 2T
Luverdense-MT: Jean Patrick 25' 2T
Londrina-PR
Marcelo Rangel;
Lucas Ramón, Everton Sena, Marcondes e Léo;
Germano, Anderson, Rondinelly (Rafael Gava) e Zé Rafael (Alisson Safira);
Jô e Keirrison (Itamar).
Técnico: Cláudio Tencatti.
Luverdense-MT
Diogo Silva;
Moacir, Gabriel Valongo (Luiz Otávio), Everton e Paulinho;
Jean Patrick, Ricardo, Douglas Baggio e Sérgio Mota;
Rafael Silva (Raphael Macena) e Alfredo (Tozin).
Técnico: Júnior Rocha.