Joinville 1 x 0 Paraná - Quebra de jejum, mas JEC continua na zona de descenso da Série B

Apesar do triunfo o time catarinense continua na zona do rebaixamento, agora com 29 pontos, em 18.º lugar.

por Agência Futebol Interior

Joinville, SC, 15 (AFI) – jejum, quebrado. Depois de nove jogos, o Joinville quebrou o jejum de vitórias ao bater o Paraná, por 1 a 0, nesta tarde, na Arena Joinville, pela 31.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Apesar do triunfo o time catarinense continua na zona do rebaixamento, agora com 29 pontos, em 18.º lugar. De outro lado, o Paraná segue com 36 pontos, em 15.º, e ainda ameaçado e preocupado com o descenso para a Série C. Vinha de vitória em casa, por 5 a 3, sobre o CRB, que deu cabo a uma série de cinco derrotas seguidas.

Esta foi a primeira vitória do técnico Ramon Menezes após seis jogos à frente do Joinville. Parte do salário está atrasada, mesmo assim a diretoria confirmou um prêmio de R$ 1 milhão ao elenco para evitar a queda. A última vitória do JEC tinha ocorrido na 21.ª rodada fora de casa contra o Criciúma, por 1 a 0, dia 26 de agosto.

PRESSÃO E GOL
O time catarinense começou na base da pressão, para fazer seu gol rapidamente. A estratégia funcionou porque abriu o placar aos nove minutos. Tinga desceu pelo lado direito e cruzou para a grande área. O centroavante Jael não alcançou a bola, porque escorregou, mas ela ficou para Fernando Viana. Ele ajeitou a bola e bateu de perna direita, que não é seu forte. O goleiro Wendell ainda tocou nela, mas não evitou o gol.

Fernando Miguel comemora gol da vitória sobre o Paraná. ele bateu com a direita, que não é sua perna boa
Fernando Miguel comemora gol da vitória sobre o Paraná. ele bateu com a direita, que não é sua perna boa

Aos gritos do técnico Roberto Fernandes, o Paraná equilibrou as ações no meio campo e ficou livre da pressão constate. Mas ficou em desvantagem aos 36 minutos quando Wellington Reis foi expulso ao cometer falta sobre Jael. Como já tinha recebido antes o cartão amarelo, recebeu o vermelho e deixou seu time com um jogador a menos.

Na volta do intervalo, o Paraná teve uma troca: saiu Murilo Miguel para a entrada de Núbio Flávio. O objetivo era ganhar mais força ofensiva. Mas o time, com vários desfalques importantes, não teve forças para ameaçar a defesa catarinense. De outro lado, o Joinville não soube tirar proveito para ampliar o placar e ter uma vitória mais sossegada e justa.

PRÓXIMOS JOGOS
Pela 32.ª rodada, o Joinville vai enfrentar o CRB, dia 22, sábado, às 21 horas, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). O Paraná, no mesmo dia, porém às 16h30, vai receber na Vila Capanema o vice-líder Vasco da Gama.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
31ª rodada
Data
15/10/2016
Horário
16h00
Local
Arena Joinville - Joinville (SC)
Árbitro
Cláudio Francisco Lima Silva - SE

Renda
R$ 45.945,00
Assistentes
Ailton Farias da Silva e Daniel Vidal Pimentel - SE

Público
3.486 pagantes
Cartões Amarelos
Joinville-SC: Fernando Viana, Ligger
Paraná-PR: Wellington Reis, Alisson, Lucas Taylor

Cartões Vermelhos
Paraná-PR: Wellington Reis
Gols
Joinville-SC: Fernando Viana 9' 1T
Joinville-SC
Jhonatan;
Reginaldo, Rafael Donato, Ligger e Fernandinho;
Naldo, Tinga, Erick Luis (Diego), Carlos Alberto (Aldair) e Fernando Viana (Claudinho);
Jael.
Técnico: Ramon Menezes
Paraná-PR
Wendell;
Lucas Taylor, Zé roberto, Alisson e Rafael Carioca;
Wellington Reis, Anderson Uchoa, Nadson e Murilo Rangel (Núbio Flávio);
Lúcio Flávio e Fernandes (Guilherme Queiroz)
Técnico: Roberto Fernandes