Bragantino 2 x 0 Criciúma - Braga inicia reação, e Tigre vê G4 de longe

O clube paulista vinha de seis derrotas seguidas no Brasileiro da Série B e surpreendeu nesta segunda-feira

por Agência Futebol Interior

Bragança Paulista, SP, 10 (AFI) - O Bragantino enfim quebrou a série negativa de seis derrotas seguidas no Campeonato Brasileiro da Série B. O time paulista deu o primeiro passo para deixar a zona de rebaixamento na noite desta segunda-feira ao vencer o Criciúma pelo placar de 2 a 0, em partida realizada no Estádio Nabi Abi Chedid, pela 31ª rodada.

Com o resultado, o Bragantino, na 17ª colocação, ficou com 30 pontos, a dois do Oeste, que joga nesta terça contra o Sampaio Corrêa. O Criciúma, por sua vez, que desperdiçou a chance de entrar no G4, fica em sétimo, com 46, a dois do Avaí, quarto colocado.

APAGÃO GERAL!
Com um apagão que durou um pouco mais do que 30 minutos, o primeiro tempo de Bragantino e Criciúma foi de pouca inspiração. O time da casa teve mais posse de bola, mas sofreu no quesito criação e não conseguiu ameaçar o gol defendido pelo goleiro Luiz. Já a equipe catarinense apostou no contra-ataque, porém, seu inúmero desfalque pesou na hora de pressionar o rival.

Criciúma tropeça e fica longe do G4
Criciúma tropeça e fica longe do G4

A melhor chance do clube catarinense foi aos cinco minutos. Após cobrança de falta de Thiago Humberto, Diego Giaretta apareceu livre na área e cabeceou para fora. A resposta do Bragantino veio com Alan Mineiro. O meia colocou a bola na cabeça de Grampola, que desviou rente à trave.

SHOW DE GRAMPOLA!
O segundo tempo começou mais quente. O Bragantino tomou a iniciativa e chegou com perigo logo no minuto inicial. Fabiano cruzou, a bola passou pelo goleiro Luiz, raspou na trave e sobrou nos pés de Claudinho, que tentou o chute, mas parou na marcação do Criciúma.

Aos 18 minutos, foi a vez do Criciúma ameaçar o Bragantino. Em cobrança de falta de Niltinho, Thiago Humberto, em posição irregular, cabeceou para o gol. O árbitro pegou impedimento e anulou o lance.

Bragantino passa pelo Criciúma nesta segunda
Bragantino passa pelo Criciúma nesta segunda

Quando tudo indicava que o jogo terminaria sem gols, o Bragantino foi para o ataque e abriu o marcador. Anderson Ligeiro apareceu livre pelo lado direito de campo e cruzou. Ferron cortou com o braço e o árbitro marcou penalidade máxima. Na cobrança, Rafael Grampola colocou para o fundo das redes.

E não parou por aí. Aos 43, Alan Mineiro achou o próprio Grampola dentro da área. O atacante fintou o zagueiro e soltou o pé para colocar números finais no duelo.

PRÓXIMOS JOGOS
Na próxima rodada, o Bragantino enfrentará o Ceará no dia 21 de outubro, às 21h30, na Arena Castelão, em Fortaleza. No dia seguinte, o Criciúma receberá o Atlético-GO, às 19h30, no Heriberto Hülse.

NOTA DE ESCLARECIMENTO
Logo após o jogo a empresa que fornece energia elétrica ao estádio Nabizão, emitiu uma nota de esclarecimento sobre o apagão ocorrido no primeiro tempo do jogo. Confira:

"A Energisa, responsável pela distribuição de energia em Bragança Paulista e região, esclarece que não teve responsabilidade sobre a pane elétrica ocorrida hoje, 10 de outubro, na parte interna do Estádio Nabi Abi Chedid, sede do time de futebol Bragantino, localizado em Bragança Paulista.

A distribuidora atendeu à solicitação feita pelo Clube e, durante a inspeção realizada pelos técnicos da Energisa nos medidores de entrada de energia, não foram encontrados problemas no sistema elétrico de fornecimento de energia para o estádio."

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
31ª rodada
Data
10/10/2016
Horário
20h00
Local
Nabi Abi Chedid - Bragança Paulista (SP)
Árbitro
Bruno Arleu de Araujo - RJ

Renda
R$ 3.765,00
Assistentes
Dibert Pedrosa Moises-RJ e Thiago Henrique Neto Correa Farinha-RJ

Público
406 pagantes
Cartões Amarelos
Bragantino-SP: Rafael Grampola
Criciúma-SC: Ferron

Gols
Bragantino-SP: Rafael Grampola 38' 2T, Rafael Grampola 43' 2T
Bragantino-SP
Renan Rocha;
André Rocha (Anderson Ligeiro), Lucas Rocha, Diego Sacomam e Bruno Pacheco (Fabiano);
Daniel Pereira, Gabriel Dias e Alan Mineiro;
Watson (Guilherme Andrade), Rafael Grampola e Claudinho
Técnico: Marcelo Veiga
Criciúma-SC
Luiz;
Ricardinho, Ferron, Diego Giaretta e Niltinho;
Ruan, Felipe Guedes (Adalgiso Pitbull), Caique Valdívia e Thiago Humberto;
Roberto (Clayton) e Jheimy (Hélio Paraíba).
Técnico: Roberto Cavalo