Atlético-GO x Paysandu - Liderança ameaça, Dragão?

Enquanto o clube goiano tenta seguir na frente do Vasco, o time paraense quer eliminar chances de rebaixamento

por Agência Futebol Interior

Goiânia, GO, 13 (AFI) - O Atlético-GO defenderá nesta sexta-feira, às 20h30, no Estádio Olímpico, em Goiânia, pela 31ª rodada, a liderança do Campeonato Brasileiro da Série B, na partida frente ao Paysandu, time que ainda não afastou totalmente as chances de deixar a zona de rebaixamento.

O Dragão, cada vez mais perto do acesso, briga ponto a ponto pela primeira colocação com o Vasco da Gama. O time goiano está na frente com 55, contra 54 da equipe carioca. O quinto colocado, o Londrina tem 48.

Já a luta do Paysandu é mais abaixo. O Papão ocupa a 14ª colocação, com 39 pontos, nove na frente do Bragantino. O grande objetivo é permanecer na divisão.

DRAGÃO DEFINIDO?
Líder, o Atlético Goianiense vai para a partida diante do Paysandu com novidades. O meia Magno Cruz foi liberado pelo departamento médico do clube e começou o trabalho de transição para o campo. O atleta não disputou a última partida devido a uma pequena lesão na coxa direita, mas tem grandes chances de entrar em campo nesta sexta-feira.

Atlético Goianiense vem de goleada para cima do Avaí
Atlético Goianiense vem de goleada para cima do Avaí
Por outro lado, o zagueiro Lino segue no Departamento Médico. Com isso, o técnico Marcelo Cabo deve manter a dupla formada por Matheus Ribeiro e Marlon. Já Gilsinho acabou sendo vetado pelo Departamento Médico após reclamar de dores musculares. Caíque aparece como opção para o setor.

"Os treinos são sempre muito fortes. Nós temos que estar melhorando a cada dia e isso acontece nos treinamentos. Melhorando fisicamente, tecnicamente e psicologicamente a cada dia, nós temos certeza que vamos ser coroados com algo positivo no final da temporada", comentou o goleiro Klever.

E NO PAPÃO?
O elenco do Paysandu já coloca o seu foco total para a próxima partida na Série B do Campeonato Brasileiro. O técnico Dado Cavalcanti deve ter algumas mudanças no time titular, que viaja para Goiânia nesta quinta-feira, para o confronto no estádio Olímpico Pedro Ludovico.

A principal mudança é a volta do zagueiro Gilvan, que cumpriu suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo contra o Joinville. Ele deve retornar no lugar de Gualberto ao lado de Fernando Lombardi. Além disso, o lateral Roniery briga por posição com Edson Ratinho, até de Jobinho, que pode ficar com a vaga de Bruno Veiga.

Paysandu empatou com Joinville na última rodada
Paysandu empatou com Joinville na última rodada
O volante Jhonnatan foi o primeiro a falar com a imprensa no Leônidas Castro. Para ele, a equipe bicolor conquistou um bom resultado no jogo passado, e agora o foco é o Atlético-GO. “Foi um jogo onde a equipe do Joinville fez ali o jogo da vida, e nós fomos em busca de um bom resultado fora de casa. Agora temos um outro jogo difícil, e uma situação totalmente diferente, e vamos novamente em busca de mais uma vitória e pontuar que é muito importante”, disse.

Já o zagueiro Gilvan foi mais direto. Ele afirma que quer sempre a vitória, e confia no time bicolor na conquista desse objetivo. “Eu quero sempre a vitória. Sabemos que o Atlético-GO está lá em cima na tabela e o Paysandu sempre joga bem contra essas equipes que tão nas primeiras colocações. Então vamos para este jogo visando os três pontos”, afirmou o zagueiro.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
31ª rodada
Data
14/10/2016
Horário
20h30
Local
Olímpico - Goiânia (GO)
Árbitro
Marcelo de Lima Henrique - PE

Renda
R$ 105.050,00
Assistentes
Marcelino Castro de Nazare - PE e Gilberto Freire de Farias - PE

Público
9.831 pagantes
Cartões Amarelos
Atlético-GO: Kléver, Marllon
Paysandu-PA: Rodrigo Andrade, Gualberto

Gols
Atlético-GO: Matheus Ribeiro 40' 1T, Matheus Ribeiro 6' 2T
Paysandu-PA: Tiago Luis 43' 1T
Atlético-GO
Klever;
Matheus Ribeiro, Marllon, Ricardo Silva e Romario;
Michel, Pedro Bambu, Luiz Fernando (Silva), Caique (Magno Cruz) e Jorginho;
Junior Viçosa.
Técnico: Marcelo Cabo
Paysandu-PA
Emerson;
Fernando Lombardi, Gilvan (Mailson) e Gualberto;
Edson Ratinho, Jhonnatan, Rodrigo Andrade (Augusto Recife), Tiago Luís e João Lucas;
Jobinho (Bruno Veiga) e Leandro Cearense.
Técnico: Dado Cavalcanti