Ceará 2 x 2 São Caetano - Empate que não foi bom pra ninguém!

O Azulão terminou a partida com dois jogadores a menos

por Agência Futebol Interior

Fortaleza, CE, 17 (AFI) - Em jogo com dois gols os últimos minutos, Ceará e São Caetano ficaram no empate, por 2 a 2, na noite desta terça-feira, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza, e não conseguiram subir na classificação da Série B do Campeonato Brasileiro.

Com o resultado, o São Caetano segue próximo do G4, com 19 pontos, mas perdeu a chance de entrar de vez na briga. Já o Ceará segue decepcionando e segue em zona intermediária, com 14 pontos.

O jogo
Parecia que o Ceará começaria a partida pressionando ao adversário, pois logo aos três minutos, Eusébio bateu de longe e obrigou Fábio a fazer defesa com a ponta dos dedos. Mas o que parecia bom, se revelou um pesadelo. Os times não tinham criatividade, apesar da grande correria no meio-campo.

Os times tocavam a bola sem objetividade, deixando os atacantes em problemas. O São Caetano até chegou a balançar as redes em cabeçada de Leandrão, mas a arbitragem viu falta do atacante no zagueiro e anulou o tento.

Na primeira boa trama de ataque cearense, Mota recebeu e devolveu rápido, de primeira, deixando o volante Leandro Chaves livre. O meio-campista invadiu a área em velocidade e foi derrubado por Fábio. Pênalti. Na cobrança, Mota não deu chances para o goleiro e abriu o placar, aos 36 minutos.

O São Caetano foi obrigado a sair mais para o ataque e conseguiu empatar antes do intervalo. Aos 44 minutos, Éder cobrou falta em direção à àrea, o goleiro Fernando Henrique trombou com a defesa e ficou pedindo falta. O árbitro José Caldas de Sousa- não marcou nada e a bola entrou direto.

Segundo tempo
Logo na volta dos vestiários, o São Caetano ficou com um jogador a menos. O volante Moradei cometeu falta dura na entrada da área, recebeu segundo cartão amarelo e foi tomar banho mais cedo. A resposta do Ceará veio em seguida, em finalização de Mota, que a defesa do Azulão tirou em cima da linha.

O Ceará seguia sofrendo do mesmo mal da primeira etapa e tinha enormes dificuldades em criar jogadas, ainda mais depois do bloqueio que o time paulista fez na entrada da área. Romário, que entrou na segunda etapa, ainda tentou de cabeça, mas acabou errando o alvo.

Quando parecia que a partida caminharia para um empate sem graça, os donos da casa voltaram a ficar na frente. Henrique Dias ajeitou de peito para Mota que bateu forte. O lateral Samuel Santos cortou com a mão em cima da linha. Pênalti. Na cobrança, o camisa 9 manteve a categoria de costume e marcou.

A torcida do Vozão comemorava a vitória, que parecia certa, mas não contavam com a precisão do meia Éder. De longe, o camisa 8 do Azulão bateu forte e acertou o angulo do goleiro Fernando Henrique, que nada pode fazer a não ser lamentar o resultado.

Próximos jogos
O Ceará volta a campo contra o ASA-AL, no próxima sábado, às 16h20, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. Um dia antes, às 21 horas, o São Caetano tem o clássico regional contra o Grêmio Barueri, no Estádio Anacleto Campanella, no ABC Paulista.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
11ª rodada
Data
17/07/2012
Horário
19h30
Local
Estádio Presidente Vargas - , em Fortaleza (CE)
Árbitro
José de Caldas Souza-DF

Renda
R$ 127.949,00
Assistentes
Luiz Carlos Camara Bezerra-RN e Ciro Chaban Junqueira-TO

Público
9.193 pagantes
Ceará-CE
Fernando Henrique;
Apodi, Thiego, Victor Hugo e Eusébio;
Jardel (Thiaguinho), Heleno, Leandro Chaves (Henrique Dias) e Rogerinho;
Itamar (Romário) e Mota
Técnico: PC Gusmão.
São Caetano-SP

Fábio;
Samuel Santos, Gabriel, Vágner e Diego;
Augusto Recife, Moradei, Éder e Marcelo Costa (Marcone);
Leandrão (Somália) e Geovanne (Ricardinho)
Técnico: Sérgio Guedes.