Vitória 4 x 0 Figueirense - Fica Leão na Primeira Divisão...E o Figueira caiu!

Fica Leão na 1.ª Divisão! gritou a torcida rubro-negra no Barradão após empurrar o adversário para a Série B

por Agência Futebol Interior

Salvador, BA, 20 (AFI) - Com uma grande festa de sua torcida, antes, durante e depois do jogo, o Vitória não deu chances para o azar. Com muita disposição e garra, ao estilo guerreiro do técnico Argel Fucks, goleou o Figueirense, por 4 a 0, neste domingo à tarde, no Barradão, em Salvador (BA), pela 36.ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com 42 pontos, o time baiano continua fora da zona do rebaixamento, em 16.º lugar, três na frente do Internacional, que na segunda-feira à noite pega o Corinthians, no Itaquerão. Mas não há remédio mais para o time catarinense, que ficou com 34 pontos e está rebaixado para a Série B em 2017. Ocupa a 18.ª posição e mesmo se vencer nas últimas duas rodadas só pode chegar aos 40 pontos.

Melhor mesmo fez a torcida do Vitória, que empurrou o time para a goleada e bateu pé no slogan:

"Êo, êo... fica Leão na Primeira Divisão".

ÚLTIMOS JOGOS
Na sua luta para fugir do rebaixamento, o Vitória ainda vai ter dois jogos. NO dia 28, segunda-feira, às 20 horas, vai sair diante do Coritiba, no estádio Couto Pereira, no fechamento da 37.ª rodada. Na última vai receber em casa o Palmeiras, que já deve ir para Salvador (BA) campeão.

O Figueirense, rebaixado, vai cumprir tabela em casa diante do Fluminense, domingo, 27, às 19h30, e depois vai sair contra o Sport, dia 4 de dezembro, às 17 horas, em Recife (PE).

CONTUSÃO GRAVE
Improvisado na lateral-direita, logo no segundo minuto de jogo Zé Wellison caiu de mal jeito no chão em cima da clavícula. Gemendo de dor foi atendido e substituído. Não foi difícil para o médico descobrir que ele tinha fraturado.

Willian Farias comemora o primeiro gol, após foguete disparado de fora da área
Willian Farias comemora o primeiro gol, após foguete disparado de fora da área

Mas o rubro-negro baiano estava disposto a buscar o gol. Aos sete minutos, Após a bola ficar quicando na pequena área, Kieza tocou de cabeça e a bola bateu na trave e saiu. A pressão era forte e aos 22 minutos saiu o gol. Após bate-rebate na grande área, a bola tocou duas vezes em Josa e sobrou para Willian Farias que soltou a bomba. A bola tocou no travessão e entrou. Um foguete.

Já com chuva, o jogo continuou quente. Aos 23 minutos, Rafael Moura quase empatou com um chute fora da área. Mas Fernando Miguel rebateu para o lado. Moura continua ligado, mas desta vez furou aos 27 minutos. Após cruzamento da direita de Éverton Santos, ele estava livre na pequena área, quis desviar do goleiro e mandou para fora.

QUANTAS CHANCES...
No mais, o time baiano foi mais efetivo no ataque. Aos 28 minutos, Marinho bateu cruzado e a bola desviou. Iria entrar. Aos 36 minutos foi a vez de Euller, que entrou na vaga de Zé Wellison, ficar sozinho na área e bater para fora. Uma chance incrível desperdiçada.

Aos 40 minutos, Kieza puxou a marcação e finalização. A bola desviou na defesa e tocou no travessão. Na volta, ficou livre para a cabeçada de Marinho. Mas para fora. Que coisa!

Torcida do Vitória empurrou time para cima do Figueirense, goleado e rebaixado para a Série B
Torcida do Vitória empurrou time para cima do Figueirense, goleado e rebaixado para a Série B

GOL RELÂMPAGO
A ordem do técnico Argel Fucks era começar o segundo tempo com força total. Deu certo. Após levantamento na área, a defesa aliviou de cabeça mas a bola caiu para o chute certeiro de Zé Love. Gol aos 30 segundos.

O gol desmontou o time catarinense. Mesmo porque nas arquibancadas, a torcida gritava:

"Êo, Êo...fica Leão na Primeira Divisão".

A resposta veio em campo aos 11 minutos. Após troca de passes de Zé Love para Marinho e para Kieza que disparou pelo lado direito. Entrou na área e bateu cruzado. Marcou um gol após sete rodadas. E não podia faltar o gol dele: Marinho.

GOL DA FERA !
Saiu aos 15 minutos. Zé Love iniciou a jogada pelo lado direito e fez o passe para Marinho, já dentro da área. Ele ajeitou de direita e bateu com a esquerda, a sua melhor, de curva e no alto. Golaço! Minutos depois Marinho foi substituído para ser preservado, afinal está pendurado com dois cartões amarelos.

O Figueirense estava sem forças, mas ainda tentou o gol de honra num chute de longe de Rafael Moura, que explodiu no travessão aos 29 minutos. Não era mesmo o dia deles.

Ficha Técnica

Fase
Única
Rodada
36ª rodada
Data
20/11/2016
Horário
17h00
Local
Barradão - Salvador (BA)
Árbitro
Luiz Flávio de Oliveira - SP

Renda
R$ 202.988,00
Assistentes
Marcelo Carvalho Van Gasse - SP e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa - SP

Público
22.648 pagantes (23.507 torcedores)
Cartões Amarelos
Vitória-BA: Diego Renan, Victor Ramos, David, Willian Farias
Figueirense-SC: Yago, Bady

Gols
Vitória-BA: Willian Farias 22' 1T, Zé Love 0' 2T, Kieza 11' 2T, Marinho 15' 2T
Vitória-BA
Fernando Miguel;
Zé Welison (Euller), Kanu, Victor Ramos e Diego Renan;
Willian Farias, Marcelo e Cárdenas;
Zé Love (David), Marinho (Tiago Real) e Kieza
Técnico: Argel Fuchs
Figueirense-SC
Gatito Fernández;
Ayrton, Bruno Alves, Werley e Marquinhos Pedroso;
Josa, Jackson Caucaia (Yago), Lins e Bady (Renato);
Éverton Santos (Rafael Silva) e Rafael Moura.
Técnico: Marquinhos Santos